Home - Convergência Digital

Bradesco Celular soma mais de 700 mil usuários ativos

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 13/03/2012

O número de transações mensais realizadas por meio do Bradesco Celular passou de 8 milhões, em fevereiro de 2011, para 15 milhões no mesmo período deste ano. Além dos serviços já existentes, como consulta de saldo e extratos, pagamentos e transferências, agora o cliente Bradesco tem à disposição serviços como extratos de conta corrente, conta-poupança e cartão de crédito - incluindo as bandeiras Visa, Mastercard e Elo - por período de até 12 meses, além da possibilidade de visualização dos lançamentos futuros e solicitação de talão de cheques.

Segundo Luca Cavalcanti, diretor dos Canais Digitais Bradesco Dia & Noite, o Bradesco contabiliza mais de 700 mil usuários ativos no Bradesco Celular e esta estatística é crescente. “Os dispositivos móveis, no geral, tornaram-se uma ferramenta que faz parte do dia a dia das pessoas, que ajuda a facilitar e organizar a sua vida. E o banco no celular segue essa mesma direção”.

Durante o ano de 2011 foram realizadas 100 milhões de transações por meio do Bradesco Celular. “Apenas este ano, até fevereiro, o número chegou aos 30 milhões de transações e a expectativa é que esses números aumentem cada vez mais, já que estamos oferecendo ainda mais serviços para o cliente”, comenta Cavalcanti.

Uma série de melhorias de uso e navegação também estão integradas às novidades, entre elas podemos destacar a reorganização do menu de serviços; pagamento de boleto de cobrança antecipado, com desconto; e o pagamento de boleto de cobrança registrado em atraso, corrigido de juros/multa. Os novos serviços estão disponíveis para acesso pelos aparelhos Apple (iPhone e iPod Touch a partir da versão iOS 4.2), Smartphones com sistemas operacionais Android, Blackberry e Windows Phone, Celulares habilitados com a tecnologia JAVA e também a quem acessa o Bradesco Celular por meio da tecnologia WAP 2.0.

“Tudo o que o Bradesco faz, é pensando em atender todos os Clientes, por isso estamos presentes em todas as plataformas operacionais, oferecendo produtos a qualquer hora e em qualquer lugar por meio dos dispositivos móveis”, finaliza Cavalcanti.

Os aplicativos do Bradesco para dispositivos móveis alcançaram a marca de 1,2 milhão de downloads em fevereiro de 2012, desde o lançamento do primeiro aplicativo, em 2008. Em 2011, o Bradesco inovou ao lançar os novos aplicativos de acesso à conta para o iPhone, que entre as diversas novidades, tem como destaque a área de ‘aplicativos’ localizada no menu inicial, que de maneira pioneira no mercado reúne em um único ambiente todos os aplicativos do Banco em um só lugar.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/05/2015
Trello escolhe Brasil para iniciar operação fora dos EUA

22/05/2015
Uber quer conquistar corporações no Brasil

19/05/2015
Inglês trava a contratação de desenvolvedores para apps no Brasil

18/05/2015
Coreia do Sul obriga instalação de apps em celulares que monitoram adolescentes

14/05/2015
Jogos e apps móveis premiados pelo Minicom já estão disponíveis

06/05/2015
Gol investe em app para se comunicar com colaboradores

04/05/2015
UBER derruba liminar favorável aos taxistas e volta a operar em São Paulo

04/05/2015
"Faça você mesmo" desafia gestores de TI com a explosão dos apps

29/04/2015
Malware cria aplicativo pornô que imita o Dubsmash

29/04/2015
Justiça proíbe o uso do UBER na cidade de São Paulo

Destaques
Destaques

Na América Latina, redes 4G são apenas 2,4% das conexões ativas

Para a GSMA, o ritmo de migração do 3G para o 4G está mais lento do que esperado e fica atrás da média mundial, que está em 8,4%. Das 683 milhões de conexões móveis na América Latina, apenas 16.392 milhões são 4G

Ferramentas móveis chegarão a 1/3 dos funcionários do Brasil

As vendas de tablets, smartphones e computadores vão responder por 45% dos investimentos em TI no país ao longo deste ano.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

CEO por que você não remodela o seu negócio em torno da Internet das Coisas?

Por Eduardo Prado *

No nordeste nós costumamos chamar de “cabra da peste” algumas figuras muito “destemidas” com a coragem a toda prova. Nós diríamos que um CEO de uma organização com a coragem de remodelar a sua Organização focando no negócio de Internet das Coisas (IoT = Internet of Things) é no mínimo ... um “cabra da peste” para valer!


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site