NEGÓCIOS

Associações comerciais se unem para baratear custo da certificação digital

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/03/2012 ... Convergência Digital

As associações comerciais do país estão se transformando em Autoridades de Registro com o objetivo de disseminar o uso do certificado digital entre as micro e pequenas empresas do país. O principal trunfo é a oferta de certificados por valores abaixo dos praticados no mercado.

Segundo a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), o movimento também é importante para a própria sustentação econômica das entidades, na forma da prestação de serviços.

“Temos o sistema computacional, temos a legislação. Falta a certificação digital conquistar os corações e mentes dos brasileiros”, sustentou o presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Renato Martini. Segundo ele, as associações rapidamente poderão virar os principais emissores da identidade digital.

Para isso, a CACB firmou um convênio com a Certisign para a emissão de certificados a pessoas físicas (e-CPF) e jurídicas (e-CNPJ). Os valores cobrados nesses certificados, com prazo de 12 a 18 meses, variam de R$ 160 e R$ 189.

Nesta segunda-feira, 12/3, representantes dos 27 estados foram a Brasília para mais um treinamento e restou evidente que ainda sobram dúvidas sobre a utilidade da ferramenta. Em alguns casos, acredita-se que o certificado digital poderia substituir todos os demais documentos.

O objetivo, de acordo com o coordenador nacional do Programa de Geração de Receitas e Serviços da CACB, Luiz Antônio Bortolin, é a formação de uma rede de 2,3 mil associações comerciais capazes de prestar esse tipo de assistência aos empresários, como a própria emissão do certificado.


Prysmian e CPqD investem R$ 3,5 milhões para ter microcabo 100% nacional

Desenvolvimento deverá levar 18 meses, e segundo as empresas, não se trata de uma 'tropicalização ou copy paste' de produto.

ERP Brasil: TOTVs lidera, mas enfrenta disputa dura com SAP e Oracle

Pesquisa da FGV mostra que as empresas de menor porte têm larga preferência por pacotes de gestão empresarial nacionais, com a TOTVs à frente. Mas nas grandes companhias, a TOTVs perde vez para as multinacionais e disputa com a Oracle a segunda posição. Nesse segmento, a SAP lidera com folga.

Apenas 4% dos correntistas brasileiros fazem operações financeiras no banco móvel

Pesquisa CIAB Febraban revela  que apenas 24% do total das 108 milhões de contas correntes existentes no país têm o mobile banking. A curiosidade existe. Tanto que as movimentações bancárias - sem concretizar pagamentos - cresceram 127% entre 2013 e 2014.

Com preços mais baixos, venda de PCs cresce e impulsiona mercado de Informática

Segundo pesquisa divulgada pelo IBGE, o cenário é de queda de 3,1% nas vendas do comércio em geral em fevereiro, sobre fevereiro de 2014, pior desempenho desde 2003. Mas para equipamentos de informática e comunicação, as vendas foram 8,4% maiores no mesmo período.

STF derruba ação do DEM para impedir contratação de software livres no RS

Decisão de considerar improcedente a ADI 3.059, ajuizada há 13 anos contra a Lei gaúcha nº 11.871/2002, foi por unanimidade dos ministros do Supremo Tribunal Federal. A ação foi movida pelo Democratas a pedido das empresas proprietárias de software.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G