Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Inovação

Telecom Italia adere ao programa Ciência Sem Fronteiras

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 12/03/2012

Franco Bernabè, presidente do Grupo Telecom Italia, controladora da TIM Brasil, oficializou nesta segunda-feira, 12/03, em Brasília, a adesão do grupo italiano ao Programa Federal “Ciência sem Fronteiras”. A iniciativa prevê a concessão de bolsas de estudo a estudantes e pesquisadores que pretendam se especializar em universidades e centros de excelência no exterior ligados à inovação.

Para integrar o projeto, o Grupo Telecom Italia irá utilizar a infraestrutura de seus centros de pesquisas e inovação presentes em Roma, Torino, Trento e Veneza. Na ocasião, a empresa anunciou a oferta de 400 estágios semestrais, dos quais 160 serão inteiramente financiados com bolsas de estudo pela TIM Brasil, que distribuirá as vagas ao longo dos quatro anos de programa. As oportunidades são voltadas, principalmente, para estudantes de Engenharia, Computação e Informática e outras tecnologias de informação e comunicação.

A iniciativa da Telecom Italia foi apresentada ao Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e ao Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, como forma de apoio e reconhecimento ao esforço do governo brasileiro em investir na formação intelectual e técnica de sua juventude. A companhia, ao mesmo tempo em que se compromete com o projeto, valoriza as sinergias entre Brasil e Itália, credenciando o Grupo como referência em nível internacional para compartilhamento de conhecimento.

Franco Bernabè e Luca Luciani, presidente da TIM Brasil, ressaltam a importância em colaborar com o projeto. Para eles, a conexão entre as empresas e o processo educacional é essencial para garantir o desenvolvimento da potencialidade dos jovens talentos e a oferta de recursos humanos especializados em áreas estratégicas do país. Os executivos consideram o reconhecimento do governo brasileiro uma importante fonte de estímulo à participação do Grupo na economia do país.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 04/12/2014 10:51
Coppe/UFRJ abre edital para abrigar quatro novas empresas inovadoras

:: 01/12/2014 17:10
Novo ministro do Desenvolvimento quer marco legal para Inovação

:: 25/11/2014 11:11
A Internet das Coisas terá um papel fundamental nas Cidades Inteligentes

:: 13/11/2014 18:33
A geração do Milênio se manifesta... E todos precisamos ouvir

:: 12/11/2014 17:15
Trocafone, revenda online de celulares usados, desembarca no Brasil

:: 10/11/2014 11:05
Vouclicar.com: PMEs atraem investidores para o Brasil

:: 10/11/2014 10:21
Start-up Brasil: programa captou R$9,63 milhões para a inovação

:: 07/11/2014 18:00
Desafio internacional de Robótica chega a Santa Catarina

:: 27/10/2014 15:45
BNDES integra empresas com o MPS.BR em programa de incentivo à inovação

:: 23/10/2014 11:20
Internet das Coisas: O charme dos sensores




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
USP ativa supercomputador que fará 20 trilhões de cálculos por segundo

PRÓXIMA
Finep: Inscrições abertas para evento voltado para investidores




Red Hat Forum 2014
OpenStack vai vencer a batalha dos data centers

A afirmação é do presidente da Red Hat Brasil, Gilson Magalhães. "O OpenStack permite uma outra forma de fazer a Tecnologia", diz. No país, 2014 foi classifado com um ano desafiador.

Clique aqui e veja a cobertura completa do evento


Novo ministro do Desenvolvimento quer marco legal para Inovação

Armando Monteiro Neto, confirmado nesta segunda, 1º/12, no MDIC, defendeu o uso de política industrial, modernização do parque fabril e no marco legal pró inovação, bem como avanços em acordos internacionais, especialmente entre Mercosul e União Europeia. 


Startup brasileira cria RFID 100% nacional

Com investimentos de R$ 2 milhões, a Smart Moving Systems(SMS) criou uma tecnologia brasileira para gerenciar soluções em etiquetas de radiofrequência.


Quem vai ganhar dinheiro com a Internet das Coisas?

Pesquisa mostra que as fabricantes de dispositivos e as empresas de big data serão as grandes arrecadadoras de receita, ficando respectivamente com 45% e 43%. Mas as provedores de serviços de TI e operadoras de telecom e de TV a cabo não ficam atrás.





A Internet das Coisas terá um papel fundamental nas Cidades Inteligentes
:: Por Eduardo Prado *

Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC . nº 2


Nesta segunda edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade dos gestores de TI: o BIG DATA

A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!