TELECOM

Telefônica/Vivo anuncia corte de 1,5 mil vagas

Convergência Digital ... 09/03/2012 ... Convergência Digital

Às vésperas de adotar definitivamente a marca Vivo no país - mudança deve acontecer no mês de abril - A Telefônica|Vivo anunciou nesta sexta-feira, 09/03, que negociou um acordo com os Sindicatos de Telefônicos de São Paulo e Rio de Janeiro, para definir regras de um plano de desligamento voluntário (PDV).

No acordo, diz a empresa, foram definidas condições especiais de saída, entre eles extensão por seis meses de benefícios como plano de saúde, assim como o pagamento de indenização proporcional ao tempo de serviço e um celular. A companhia ainda dará assistência especializada em recolocação no mercado.

Segundo a Telefônica, o objetivo é "adequar a estrutura à nova realidade gerada pela aquisição da Vivo em 2010". Desde então, a empresa tem promovido a integração das duas operações, mudando o foco da gestão da tecnologia utilizada (fixo ou móvel) para o tipo de cliente atendido (individual/residencial ou para empresas de todo o porte).

Para o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações no Estado de São Paulo (Sintetel), a reestruturação exigirá o corte de aproximadamente 1,5 mil postos de trabalho nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

A inscrição deverá ser efetuada no período de 12 a 14 março de 2012, e a empresa não informou o que fará caso o PDV não atinga os números desejados. Atualmente, o Grupo Telefônica tem 106 mil funcionários diretos, em empresas como Telefônica|Vivo, Atento, Terra e T-Gestiona.


Internet Móvel 3G 4G
Trello escolhe Brasil para iniciar operação fora dos EUA

Ferramenta, que permite a organização de projetos profissionais e atividades pessoais, é gratuita e foi 100% customizada para o português. Rentabilidade virá da venda de serviços especiais para as empresas.

Brasileiro prefere acessar Wi-Fi público sem registro de login e senha

Pesquisa revela que 55% dos 23 mil pesquisados nunca ou só às vezes desligam seus transmissores de Wi-Fi e ainda permitem que se conectem automaticamente nas redes públicas.

Oi dá o último passo para concretizar venda dos ativos da PT à Altice

Acionistas da PT Portugal autorizaram a transferência de uma dívida de 400 milhões de euros para uma subsidiária da operadora brasileira.

Infraestrutura não é um detalhe, adverte o presidente da TIM Brasil

Rodrigo Abreu não quis comentar a liminar favorável ao Procon/São Paulo, mas foi taxativo. "Se não cobrarmos, não vamos investir e as operadoras vão quebrar mais à frente".

Vivo, TIM, Claro e Oi não podem bloquear Internet em São Paulo

Decisão do TJSP concedeu liminar ao Procon e vale somente para o estado de São Paulo.  PROTESTE também impetrou ação similar, mas solicitando a suspensão para todo o país. 


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G