Convergência Digital - Home

CeBIT poderá gerar negócios de US$ 60 milhões

Convergência Digital - Cobertura Especial CeBIT 2012
:: Da redação - 09/03/2012
A presença brasileira na feira deste ano, com estandes em todas as seis áreas temáticas do evento e mais de cem expositores, entre empresas e instituições públicas e privadas, custou 2,5 milhões de euros (R$ 7,5 milhões), divididos entre o governo brasileiro e as empresas.

Para José Antonioni, diretor da Softex, a expectativa dos empresários é de que isso gere um retorno em negócios estimados em US$ 60 milhões nos próximos cinco anos. Para ele, mais que negócios imediatos fechados durante a feira, as empresas esperam um retorno de médio e longo prazo, de acordo com o aumento do reconhecimento da produção brasileira no setor.

Numa prova desse trabalho atento ao mercado futuro, a Hypervisual (www.hypervisual.com.br), que participou pela primeira vez da CeBIT, encontrou na feira uma excelente oportunidade para divulgar seu core business e iniciar contatos com compradores potenciais. De acordo com Letícia Polydoro, diretora da Hypervisual, nos dois primeiros dias de evento, a empresa conseguiu se reunir com diversas companhias internacionais e a expectativa é de que 30% dos contatos realizados evoluam para futuros negócios.

Já a Siena (www.sienaidea.com.br), empresa situada em São Carlos (SP), apresentou as soluções SourCE events, ferramenta para eventos, e SourCE WMs, para logística. A companhia recebeu a visita de representantes dos governos da Dinamarca, Oman e Suíça, e já agendou visitas futuras para consolidar os contatos firmados na CeBIT.

O CGI.Br, Comitê Gestor da Internet no Brasil (www.cgi.br), também fez parte da delegação com o objetivo de divulgar dados da TIC nacional, incluindo o projeto de medição da banda larga. “Nós temos um modelo único de gestão de Internet que prevê o encontro mensal de representantes do governo e da sociedade civil para discutir a qualidade e a disseminação da rede mundial no Brasil, esse fato surpreende positivamente os visitantes, assim como cenário atual da internet brasileira”, comenta Everton Rodrigues do CGI.Br.

Segundo o governo brasileiro, os setores de tecnologia e comunicação combinados geraram um faturamento de US$ 171 bilhões em 2010 e já representam 7,9% do PIB nacional. "A imagem do Brasil está mudando", completa Antonioni.

Fonte: Agência de Notícias e Softex

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

09/03/2012
CeBIT poderá gerar negócios de US$ 60 milhões

14/03/2012
Brasil define certificação de software

13/03/2012
Com.sat investe em Parque Tecnológico da Bahia

12/03/2012
Brasileiras firmam parcerias comerciais

08/03/2012
Rio Grande do Sul abre fronteiras em TI

07/03/2012
Design brasileiro mostra seu talento na Alemanha

07/03/2012
Bahia busca parceiros para parque tecnológico

06/03/2012
Brasil quer mais negócios na área de Inovação e Tecnologia

05/03/2012
Dilma Rousseff: Exclusão digital acirra a desigualdade social

05/03/2012
Para Google, a Internet ainda é para poucos

Copyright © 2012 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site