GESTÃO

Oi e compras na Internet lideram reclamações no PROTESTE

Da redação ... 07/03/2012 ... Convergência Digital
Compras na internet foram o que mais levaram os associados da PROTESTE Associação de Consumidores a buscar ajuda da entidade em 2011, com 8.760 queixas. O principal problema foi o descumprimento de oferta (produto não entregue). As empresas mais reclamadas nesta área foram Compra Fácil com 1.011 queixas e Americanas, com 989 registros.

A Oi, no entanto, segue como campeã, pelo segundo ano consecutivo, de reclamações.Foram feitas 1.342 reclamações, principalmente em relação aos serviços de internet banda larga fixa e 3G da Velox. Instabilidade no serviço, velocidade baixa, além da dificuldade para reinstalação do serviço em caso de mudança de endereço estão entre os problemas apontados.

E o Serviço de Atendimento ao Ciente (SAC), sustenta a PROTESTE, tem se mostrado incompetente para atender as demandas, descumprindo o decreto 6.523 (Lei dos SACs) que estabeleceu regras para atendimento mais ágil e eficaz. Os problemas com a má prestação de serviços de internet, como falta de disponibilidade do serviço ou velocidade diversa da contratada geraram 1.271 mil queixas em 2011 entre as diversas empresas.

Os cartões de crédito geraram 2.335 queixas, principalmente em relação a cobranças. Os elevados juros, encargos e taxas dos cartões de crédito no País fazem com que a dívida se torne impagável para muitos consumidores que usam o crédito rotativo. É o terceiro item mais reclamado perdendo apenas para vício do produto e compras na internet.

Problemas financeiros em geral somaram 5.435 queixas envolvendo além do cartão, renegociação de dívida leasing e financiamento. Entre as dez empresas campeãs no ranking se reclamações estão quatro bancos: Itaú ( que só perdeu para a Oi, com 1.168 queixas), Banco do Brasil, Santander e Bradesco

Problemas relacionados a financiamentos envolvendo cobranças indevidas e a dificuldade de renegociar o débito quando o cliente não consegue manter o pagamento em dia , estão entre os principais enfrentados pelo consumidor, quando o assunto são as instituições financeiras.

A exemplo das instituições financeiras as empresas de telecomunicações - Claro ficou em 5º lugar, a TIM ficou em 8º lugar e a Vivo, em 9º lugar -também ocupam quatro posições no ranking de reclamações. Na telefonia móvel os principais problemas são a dificuldade de cancelamento e portabilidade. veja a lista dos campeões das queixas dos consumidores.

Índice de trotes desaba com adoção das redes sociais no Rio de Janeiro

"O maior sensor da cidade será o cidadão", aposta o chefe Executivo de TI do Centro de Operações do Rio de Janeiro, Alexandre Caderman. Big data é prioridade nº 1.

Alta do dólar faz corporações aumentarem vida útil dos PCs

Novas aquisições são postergadas e recursos para hardware são transferidos para software e serviços.

Serpro renegocia contratos para não aumentar dívidas com fornecedores

Na sua última entrevista como presidente da estatal, Marcos Mazoni, revela que o suporte está deixando de ser local, para ser feito por demanda.

Brasil lidera projeto de certificação para gerenciar ativos de TI

País é o terceiro no mundo a adotar a certificação Verafirm, da BSA Alliance. Redução de custos com licenças de software pode cair em até 35%.

TCU barra acordo CEF/IBM para criação de empresa de TI

Negócio entre o banco público e a multinacional de TI, estimado em R$ 1,2 bilhão, foi considerado ilegal. Falta, agora, o Tribunal se manifestar sobre acordo similar entre a Caixa e a Capgemini.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G