Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Governo

Azeredo vai liderar C&T na Câmara, mas não prioriza crimes cibernéticos

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 07/03/2012

Confirmado como novo presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara, o deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) enumerou o preço da banda larga e a qualidade da telefonia celular como prioridades para os trabalhos de 2012. E procurou desarmar eventuais receios sobre a tramitação do PL 84/99, que trata dos crimes cibernéticos: “Vamos continuar buscando um acordo”.

“A eleição não influencia. O PL 84/99 não é minha prioridade, mas vamos, a exemplo do que fez o ex-presidente da comissão, Bruno Araújo [PSDB-PE], buscar um entendimento. Embora ainda entenda que o governo é omisso nessa questão [dos crimes com uso da Internet]”, afirmou Azeredo logo depois de ser empossado.

O autor do polêmico substitutivo ao projeto sobre crimes cibernéticos defendeu discussões sobre o Marco Civil da Internet entre as principais tarefas da comissão de C&T, mas manteve a posição de que os dois projetos podem e devem ser tratados separadamente.

“O Marco Civil [da Internet] começa do zero. O outro já foi aprovado pela Câmara e pelo Senado. Não podemos gastar outros dez anos nesse assunto”, afirmou. Aprovado na Câmara, o PL 84/99 foi modificado no Senado (por Azeredo) e retornou aos deputados.

Respeitado o acordo de lideranças na Câmara, Azeredo - e os já indicados 1o e 3o vices da CCTCI, Rui Carneiro (PSDB-PB) e Carlinhos Almeida (PT-SP) - foram eleitos por unanimidade dos 24 (de 80) deputados presentes à sessão desta quarta-feira, 7/3.

Para o novo presidente, “o Brasil precisa ter um rumo seguro na adoção de novas tecnologias”, mas investe pouco em pesquisa mesmo em comparação com outros países em desenvolvimento. “Nos BRICs, estamos na retaguarda, não na vanguarda”, lamentou Azeredo.

Os primeiros requerimentos, previstos para a próxima semana, deverão convidar o ministro de Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp para discutir os planos da pasta, o acidente na base brasileira na Antártida e a suspensão de compra de aviões militares da Embraer pelo governo dos Estados Unidos.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 16/04/2014 13:50
Marco Civil: Relatores descartam emendas e PSDB avalia substitutivo

:: 16/04/2014 13:45
Suspeita de 'ataque virtual' faz Senado cancelar enquete sobre Marco Civil

:: 16/04/2014 13:00
Prazo ficou apertado para governo ter Marco Civil antes do NetMundial

:: 15/04/2014 16:31
Debates sobre o Marco Civil dividem os que querem “pressa” ou “melhorias”

:: 15/04/2014 12:28
A pressa pode ser inimiga da Governança da Internet

:: 14/04/2014 17:20
Depois de pagar, velocidade de acesso ao Netflix aumenta 65% na Comcast

:: 14/04/2014 11:23
Empresas correm para estancar os prejuízos do Heartbleed

:: 11/04/2014 18:15
Dilma pede e Marco Civil pode ser votado no dia 16

:: 11/04/2014 15:22
Marco Civil: guarda de logs é obrigação para provedor de qualquer porte

:: 10/04/2014 15:42
Enquete sobre Marco Civil no Senado tem curioso surto de interesse




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Anatel abre sindicância sobre o sistema de distribuição de processos

PRÓXIMA
TSE abre acesso aos códigos-fonte da urna eletrônica



 ESPECIAL   ESPIONAGEM DIGITAL
Wikileaks, CPI e promessas: ações contra espionagem caíram no vazio

O que começou com uma declaração indignada na ONU contra a 'xeretice' indiscriminada dos EUA não tem, dez meses depois, nada de concreto como resposta no Brasil. O relator da CPI da Espionagem no Senado, Ricardo Ferraço (PMDB/PE), admitiu: "não vai dar em nada".

» Além dos equipamentos americanos, NSA tem acesso a backdoors da Huawei
» Atenção espiões: defesa contra espionagem no Brasil, só no ano que vem
» Governo trabalha para fazer do Expresso uma marca internacional
Clique aqui para ver a cobertura completa


Abinee: Renovação da Lei do Bem e da desoneração da folha são prioridades
:: 02/04/2014 :: Política industrial

"É conversa fiada dizer que a indústria eletroeletrônica é favorecida em excesso pelas desonerações do Governo", reagiu o presidente da Abinee, Humberto Barbato,


Anatel e polícia querem lei que autoriza localização de celular sem ordem judicial
:: 01/04/2014 :: Governo

Objetivo é atuar especialmente em crimes como ‘sequestro relâmpago’, como prevê o PL 6726/2010. Pedidos de localização poderiam ser feitos verbalmente por delegado, com respostas em até duas horas. Na Anatel, sistema semelhante já tem resolução e deve ser implantado antes da Copa do Mundo.


Expresso já está sendo usado em 14 órgãos da Presidência da República
:: 31/03/2014 :: Governo

Implantação do correio eletrônico - que substitui a plataforma Microsoft - foi concluída em mais seis órgãos ligados à Presidência da República, entre eles, a vice-presidência.


Brasil já fez mais de 15 mil solicitações de dados ao Google
:: 27/03/2014 :: Governo

Informação é do relatório de transparência da empresa no período de 2009 a 2013. Pedidos de governos, nesses cinco anos, cresceram mais de 120%. Governo dos EUA lidera lista de solicitações.



Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!