INTERNET

Bradesco cria aplicativo para o Facebook

Da redação ... 06/03/2012 ... Convergência Digital

Os correntistas Bradesco agora têm uma nova forma de acessar o saldo da conta bancária. Com o novo aplicativo F.Banking Bradesco, os clientes podem visualizar informações sobre a conta por meio do Facebook. Enquanto estiverem navegando pelas páginas do Facebook é possível acompanhar o saldo de suas contas, investimentos e limites de crédito. O Bradesco é a primeira instituição financeira do Brasil e uma das primeiras do mundo a lançar um aplicativo como este voltado para o Facebook.

“Todas as nossas ações estão voltadas para facilitar a vida dos nossos clientes. Seja com os aplicativos para o celular ou com o atendimento realizado nas redes sociais, onde interagimos com atendimento 24X7”, explica Luca Cavalcanti, Diretor dos Canais Digitais Dia & Noite.

Agora, atentos à tendência mundial de utilização do Facebook, o Banco inova ao levar o acesso à conta para mais esse ambiente. “Com essa nova iniciativa que batizamos de F.Banking Bradesco, estamos presentes em mais uma plataforma com o objetivo de fazer com que nosso público consiga otimizar o tempo que tem disponível, utilizando as redes sociais, que estão cada vez mais presentes em suas vidas”, completa Cavalcanti.

Os internautas podem ficar tranquilos com relação à segurança do aplicativo. “Todas as consultas no aplicativo acontecem no ambiente seguro do próprio Bradesco. Nenhuma informação fica armazenada no Facebook”, afirma o diretor. Os dados não correm o risco de serem acessados por terceiros, pois o sistema utilizado para o acesso à conta é o mesmo do Internet Banking, hospedado no ambiente seguro do Bradesco.

“O Brasil mais uma vez mostra que está preparado para a adoção de ferramentas que proporcionam a realização de serviços por meio das redes sociais”, diz Alexandre Hohagen, vice-presidente do Facebook para a América Latina.

Como acessar

1. No primeiro acesso, o Cliente deve acessar a fan page do Banco (facebook.com/Bradesco), aprovar o aplicativo e colocar as informações de agência e conta.

2. Na página seguinte, será necessário inserir a titularidade, a senha de 4 dígitos e o código de acesso gerado pela Chave de Segurança (que pode ser o Token integrado ao celular, o Token Eletrônico, ou o TanCode).

3. No primeiro acesso ao aplicativo, o cliente deve aceitar o termo de uso. Na sequência ele já tem acesso ao saldo da conta.

4. Para encerrar a sessão, basta clicar em “Cancelar Acesso”, localizado no canto superior direito da página.

5. Para os próximos acessos, o aplicativo poderá ser acessado diretamente do menu esquerdo da página inicial do perfil do Cliente no Facebook.


ESPECIAL » GOVERNANÇA DA INTERNET
EUA e aliados rejeitam proposta brasileira de proteção à privacidade

Em entrevista ao portal da Abranet, que o Convergência Digital republica, Thiago Tavares, um dos conselheiros do CGI e que esteve presente à PP-14 de 29/10 a 7/11, realizada em Busan, na Coréia do Sul, diz que há discussões graves para serem tocadas em 2015. Entre elas, uma proposta- rejeitada - da Índia, mas que pode colocar em risco à Internet.


Clique aqui para ver a cobertura completa

STM exige a quebra de sigilo do WhatsApp para apurar morte no RS

O Plenário do Superior Tribunal Militar, no Rio Grande do Sul, determinou que o Facebook, dono do OTT, forneça o registro de uso de conta vinculada a um soldado. Medida é polêmica e envolve a questão da privacidade de dados.

Indústria de copyright quer bloqueio a sites como exceção à neutralidade de rede

Hollywood e distribuidores de jogos eletrônicos querem impedir acesso a conteúdos de sites que supostamente violam direitos autorais mesmo fora do país.

Para Abranet e Proteste, Anatel tenta misturar telecom com Internet

Entidades sustentam que a agência reguladora promove equivocada ideia de irrelevância do Serviço de Conexão à Internet ou de incorporação deste serviço ao serviço de telecomunicações

Marcas de luxo processam Alibaba por venda de ‘piratas’

Pela segunda vez, dona de grifes como Gucci e Yves Saint Laurent aciona o maior grupo de comércio eletrônico da China sob alegação de facilitação da venda de produtos falsificados.

Direito ao esquecimento: Um ano depois, Google apagou 322 mil resultados de buscas

Maior motor de busca da Internet diz que atendeu a 41% dos pedidos realizados. Decisão foi imposta pela Corte de Justiça da União Europeia.


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G