Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital


Home - Opinião


Decisão do STF foi em defesa da Amazônia

 :: Artur Virgílio Neto
 Convergência Digital
:: 27/02/2012 

O Secretário de Planejamento de São Paulo, Andrea Calabi, mistifica grosseiramente ao criticar a Adin impetrada pelo governo do Amazonas junto ao STF, questionando, a meu ver estribado em excelente direito, a guerra fiscal movida contra a Zona Franca de Manaus. São Paulo, concedeu inventivos fiscais às empresas produtoras de tablets, ao arrepio da legalidade.

Diz Calabi que o Amazonas pretende o monopólio da fabricação de tablets, quando, na verdade, meu estado foi é banido da perspectiva de entrar nesse negócio dinâmico, de futuro e lucrativo, a partir de infeliz Medida Provisória editada pela Presidente Dilma Rousseff. Do jeito que está, quem fica com o monopólio é precisamente São Paulo e o Secretário Calabi sabe disso muito bem.

Como o conheço bem e sei que se trata de homem esclarecido e tecnicamente competente, concluo então que teve um ataque de cinismo para defender, contra a Constituição, que a fabricação de tablets se dê longe do Polo Industrial de Manaus, que deveria ser o endereço correto para a empreitada.

Entendo que o dever de Calabi é lutar pelo estado onde vive e que o tem como Secretário de Planejamento. Mas não aceito a desfaçatez e a hipocrisia. Não tolero que tripudie sobre o Amazonas, que vive momento tenso, face ao visível esquema de esvaziamento da Zona Franca de Manaus posto em prática pelo governo federal e adubado pela guerra fiscal que diversos estados vem movendo.

Calabi é inteligente, mas, paradoxalmente, comete a burrice de não pensar globalmente. Esvaziar o Amazonas economicamente significa deixar a maior parte da floresta amazônica sob grave risco de desmatamento. Afinal, o caminho que meus conterrâneos teriam pela frente seria avançar sobre a floresta. Muito dificilmente haveria quem lograsse impedir a exploração dos recursos naturais e da cobertura florestal de maneira predatória.

Quem protege a floresta, meu ilustre Calabi, é precisamente essa Zona Franca que figuras elitizadas e sobre ela desinformadas (como você) desprezam como se não tivesse havido lucidez no Presidente Castelo Branco e no Ministro Roberto Campos ao criá-la.

* Artur Virgílio Neto - Diplomata e ex-senador pelo PSDB/AM.


Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

:: Leia também:

:: 17/03/2014 16:00
Arenas viram centros de conhecimento

:: 08/12/2014 15:22
Tecnologia para quem precisa nas obras públicas

:: 01/12/2014 15:43
Agência boa, interface ineficiente: como eliminar sua estratégia de RP

:: 06/10/2014 18:05
Casa Inteligente: Um grande “filão” de negócio em Internet das Coisas

:: 07/08/2014 16:33
TI como um centro de lucro

:: 16/07/2014 13:04
De builder a broker, como será a evolução do papel do CIO nas empresas

:: 01/07/2014 12:15
Marketing Digital: A Copa, a multi-tela e a sua empresa

:: 24/03/2014 16:32
Xing ling não é coisa só de pobre

:: 27/02/2014 17:16
Telefonia Móvel: Um Grande Futuro

:: 26/02/2014 14:36
Bestway lança rede social corporativa na Apple Store


Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Cuidados com a computação na nuvem

PRÓXIMA
Mobile Payment: Uma Guerra de Gigantes



Veja edição 11 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 11

Na discussão sobre o que vai prevalecer — fibra óptica ou rádio — na construção das infraestruturas, vence quem souber explorar o que cada tecnologia tem de melhor a oferecer.

Veja também: Cidades Digitais: Governo convoca provedores; A transição da IANA foi destaque no ICANN#51; Billing das coisas: quando cobrar certo será o diferencial; e muito mais.

Clique aqui para ver outras edições



:: 02/03/2015 17:55 :: Negócios
Alcatel-Lucent adota conceito de startup para entrar no jogo

:: 02/03/2015 17:31 :: Internet
Google e Facebook ditam suas estratégias às teles

:: 02/03/2015 17:23 :: Inovação
Immetro e Capes aproximam comunidade científica da indústria

:: 02/03/2015 16:45 :: Governo
Berzoini define futuro da Telebras ainda em março

:: 02/03/2015 13:09 :: Governo
Receita pede paciência no primeiro dia do Imposto de Renda




IT Careers
Para TCU, TI pública está abaixo da média mundial em empregos

Levantamento sobre a governança da TI na administração federal indica que apenas 2,9% dos servidores públicos atuam na área de TI – e um em cada cinco deve se aposentar até 2018. 

» No home office, o e-mail 'vence' as mensagens instantâneas
» Geração Y empreende para fugir do desemprego


Brasil somou 6,8 milhões de acessos 4G em 2014, calculam operadoras

No total, conexões móveis chegaram ao fim de dezembro com 167,8 milhões de acessos. Segundo levantamento das empresas, o serviços de quarta geração já chega a 42% da população brasileira.

» TIM investe em plano para PMEs
» Dados móveis: 10% dos assinantes consomem 80% do tráfego 3G e 4G
» 4G cresceu 416,55% em 2014 e chegou a 6,76 milhões de linhas ativas no Brasil
» Empresas brasileiras ainda estão na fase básica no uso da mobilidade


CDTV - Cobertura em vídeo do Convergência Digital




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!