Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital


Home - Opinião


Decisão do STF foi em defesa da Amazônia

 :: Artur Virgílio Neto
 Convergência Digital
:: 27/02/2012 

O Secretário de Planejamento de São Paulo, Andrea Calabi, mistifica grosseiramente ao criticar a Adin impetrada pelo governo do Amazonas junto ao STF, questionando, a meu ver estribado em excelente direito, a guerra fiscal movida contra a Zona Franca de Manaus. São Paulo, concedeu inventivos fiscais às empresas produtoras de tablets, ao arrepio da legalidade.

Diz Calabi que o Amazonas pretende o monopólio da fabricação de tablets, quando, na verdade, meu estado foi é banido da perspectiva de entrar nesse negócio dinâmico, de futuro e lucrativo, a partir de infeliz Medida Provisória editada pela Presidente Dilma Rousseff. Do jeito que está, quem fica com o monopólio é precisamente São Paulo e o Secretário Calabi sabe disso muito bem.

Como o conheço bem e sei que se trata de homem esclarecido e tecnicamente competente, concluo então que teve um ataque de cinismo para defender, contra a Constituição, que a fabricação de tablets se dê longe do Polo Industrial de Manaus, que deveria ser o endereço correto para a empreitada.

Entendo que o dever de Calabi é lutar pelo estado onde vive e que o tem como Secretário de Planejamento. Mas não aceito a desfaçatez e a hipocrisia. Não tolero que tripudie sobre o Amazonas, que vive momento tenso, face ao visível esquema de esvaziamento da Zona Franca de Manaus posto em prática pelo governo federal e adubado pela guerra fiscal que diversos estados vem movendo.

Calabi é inteligente, mas, paradoxalmente, comete a burrice de não pensar globalmente. Esvaziar o Amazonas economicamente significa deixar a maior parte da floresta amazônica sob grave risco de desmatamento. Afinal, o caminho que meus conterrâneos teriam pela frente seria avançar sobre a floresta. Muito dificilmente haveria quem lograsse impedir a exploração dos recursos naturais e da cobertura florestal de maneira predatória.

Quem protege a floresta, meu ilustre Calabi, é precisamente essa Zona Franca que figuras elitizadas e sobre ela desinformadas (como você) desprezam como se não tivesse havido lucidez no Presidente Castelo Branco e no Ministro Roberto Campos ao criá-la.

* Artur Virgílio Neto - Diplomata e ex-senador pelo PSDB/AM.


Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

:: Leia também:

:: 17/03/2014 16:00
Arenas viram centros de conhecimento

:: 24/02/2015 11:23
A Internet das Coisas vai transformar o "negócio" do Banco

:: 08/12/2014 15:22
Tecnologia para quem precisa nas obras públicas

:: 01/12/2014 15:43
Agência boa, interface ineficiente: como eliminar sua estratégia de RP

:: 06/10/2014 18:05
Casa Inteligente: Um grande “filão” de negócio em Internet das Coisas

:: 07/08/2014 16:33
TI como um centro de lucro

:: 16/07/2014 13:04
De builder a broker, como será a evolução do papel do CIO nas empresas

:: 01/07/2014 12:15
Marketing Digital: A Copa, a multi-tela e a sua empresa

:: 24/03/2014 16:32
Xing ling não é coisa só de pobre

:: 27/02/2014 17:16
Telefonia Móvel: Um Grande Futuro


Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Cuidados com a computação na nuvem

PRÓXIMA
Mobile Payment: Uma Guerra de Gigantes



Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições



:: 17/04/2015 20:45 :: Internet
Ministério da Cultura denuncia censura do Facebook e reclama soberania brasileira

:: 17/04/2015 19:00 :: Internet Móvel 3G / 4G
Allied e Oi firmam aliança para distribuição de dispositivos móveis

:: 17/04/2015 16:00 :: Negócios
Rio Info 2015: Desoneração da folha é política estruturante do TI Maior

:: 17/04/2015 15:10 :: Segurança
Receita Federal rastreia IP e MAC e intima 80 mil contribuintes

:: 17/04/2015 13:55 :: Telecom
Justiça: serviços SCM só podem ser prestados com licença da Anatel





Com queda de 12,2%, eletroeletrônicos derrubam empregos

Diminuição do ritmo industrial no setor foi bastante sentido nos dois primeiros meses do ano.

» Big data: uma carreira próspera em tempos de crise
» Foi demitido? Tente não se desesperar


Allied e Oi firmam aliança para distribuição de dispositivos móveis

Distribuidora será responsável pela gestão de suprimentos e supply chain de celulares, smartphones e tablets.

» BYOD veio para ficar no Brasil
» Brasil fica para trás no consumo de apps na América Latina
» Brasileiros seguem sem querer pagar pelo uso dos aplicativos
» Sob pressão, empresas admitem descuido com os seus apps


CDTV - Cobertura em vídeo do Convergência Digital




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!