Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital


Home - Opinião


Decisão do STF foi em defesa da Amazônia

 :: Artur Virgílio Neto
 Convergência Digital
:: 27/02/2012 

O Secretário de Planejamento de São Paulo, Andrea Calabi, mistifica grosseiramente ao criticar a Adin impetrada pelo governo do Amazonas junto ao STF, questionando, a meu ver estribado em excelente direito, a guerra fiscal movida contra a Zona Franca de Manaus. São Paulo, concedeu inventivos fiscais às empresas produtoras de tablets, ao arrepio da legalidade.

Diz Calabi que o Amazonas pretende o monopólio da fabricação de tablets, quando, na verdade, meu estado foi é banido da perspectiva de entrar nesse negócio dinâmico, de futuro e lucrativo, a partir de infeliz Medida Provisória editada pela Presidente Dilma Rousseff. Do jeito que está, quem fica com o monopólio é precisamente São Paulo e o Secretário Calabi sabe disso muito bem.

Como o conheço bem e sei que se trata de homem esclarecido e tecnicamente competente, concluo então que teve um ataque de cinismo para defender, contra a Constituição, que a fabricação de tablets se dê longe do Polo Industrial de Manaus, que deveria ser o endereço correto para a empreitada.

Entendo que o dever de Calabi é lutar pelo estado onde vive e que o tem como Secretário de Planejamento. Mas não aceito a desfaçatez e a hipocrisia. Não tolero que tripudie sobre o Amazonas, que vive momento tenso, face ao visível esquema de esvaziamento da Zona Franca de Manaus posto em prática pelo governo federal e adubado pela guerra fiscal que diversos estados vem movendo.

Calabi é inteligente, mas, paradoxalmente, comete a burrice de não pensar globalmente. Esvaziar o Amazonas economicamente significa deixar a maior parte da floresta amazônica sob grave risco de desmatamento. Afinal, o caminho que meus conterrâneos teriam pela frente seria avançar sobre a floresta. Muito dificilmente haveria quem lograsse impedir a exploração dos recursos naturais e da cobertura florestal de maneira predatória.

Quem protege a floresta, meu ilustre Calabi, é precisamente essa Zona Franca que figuras elitizadas e sobre ela desinformadas (como você) desprezam como se não tivesse havido lucidez no Presidente Castelo Branco e no Ministro Roberto Campos ao criá-la.

* Artur Virgílio Neto - Diplomata e ex-senador pelo PSDB/AM.


Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

:: Leia também:

:: 17/03/2014 16:00
Arenas viram centros de conhecimento

:: 24/03/2014 16:32
Xing ling não é coisa só de pobre

:: 27/02/2014 17:16
Telefonia Móvel: Um Grande Futuro

:: 26/02/2014 14:36
Bestway lança rede social corporativa na Apple Store

:: 11/07/2013 15:12
eSocial é para todos

:: 28/03/2013 11:24
Que venha a NASDAQ brasileira

:: 22/11/2012 10:22
Startups: bem-vindas à realidade

:: 02/04/2012 13:00
Dell reforça virtualização e compra Wise Techonology

:: 27/02/2012 14:23
Decisão do STF foi em defesa da Amazônia

:: 24/02/2012 15:00
Importações de celulares da China cresceram 133% em 2011


Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Cuidados com a computação na nuvem

PRÓXIMA
Mobile Payment: Uma Guerra de Gigantes



Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições



:: 23/04/2014 12:42 :: Internet
Presidenta cobra Internet democrática e igualdade entre os países

:: 23/04/2014 12:40 :: Internet
Dilma sanciona Marco Civil, mas mantém polêmica sobre a privacidade

:: 22/04/2014 19:55 :: Internet
Senado aprova Marco Civil e Dilma leva texto ao NetMundial

:: 22/04/2014 17:40 :: BITS 2014
Economia colaborativa: um passo a mais para startups

:: 22/04/2014 17:20 :: Gestão
Governo cria tutorial para adequação do Ubuntu ao certificado digital




IT Careers
Compras governamentais: governo forma pregoeiros

Modelo de formação será com curso a distância.

» Não feche as portas ao rejeitar propostas
» As armadilhas da busca do emprego


Smartphones já representam 65% do mercado de celulares

Expectativa da indústria é vender, em 2014, 47 milhões de smartphones no país.

» Stelo, do BB e do Bradesco, terá carteira digital
» 700 MHz: Para TVs, custo da transição será ‘surpreendente’
» Roteadores Wi-Fi terão mais espectro nos EUA
» 5G será para o usuário que nunca viu um telefone sem fio


CDTV - Cobertura em vídeo do Convergência Digital




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!