Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Governo - Política Industrial

TV digital: Minicom vai procurar emissoras para agilizar uso do Ginga

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 24/02/2012

Superada a discussão com os fabricantes de equipamentos voltados para TV digital, o governo vai chamar os radiodifusores para discutir o uso da interatividade na programação, especialmente agora que fixou-se uma data para a fabricação de televisores com o middleware Ginga.

“Resolvemos a questão do prazo [com os fabricantes], que queriam mais tempo para fazer as suítes de teste. Vamos fazer gestões junto aos radiodifusores. Vou chamar a Abert”, afirmou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Segundo o ministro, o governo colocará à disposição das emissoras aplicativos produzidos pelo CPqD para uso do Ginga. “Talvez as grandes não se interessem, mas as pequenas sim. O CPqD está nos dando e estamos colocando à disposição.”

Portaria interministerial publicada nesta sexta-feira, 24/2, adiou para 2013 a obrigatoriedade de implantação dos recursos de interatividade nos televisores fabricados no país, mas fixou o percentual inicial em 75% da produção.

Algumas emissoras - especialmente o SBT e a TV Globo- já têm trabalhos fortes para o uso do Ginga nas suas programações. Mas esse debate também terá um item crítico: O dividendo digital - espectro que ficará disponível na faixa de 700 MHz, com a digitalização do sinal da TV. Operadoras de telecom e radiodifusores brigam pelo uso do espectro. Os radiodifusores alegam que precisam da faixa por conta, exatamente, do canal de retorno para agilizar a interatividade.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 13/04/2015 09:55
Governo designa canais 7 a 13 para TV Digital

:: 10/04/2015 15:58
CBS amplia transmissão pela Internet e oferece programação local

:: 10/04/2015 14:55
Escanteado na TV aberta, Ginga escreve seu futuro no IPTV

:: 08/04/2015 11:30
Berzoini: Corte de TV paga e parabólica “não é a posição do Ministério”

:: 07/04/2015 17:40
TV digital: Abert reage e diz que TV paga não garante acesso à TV aberta

:: 07/04/2015 12:40
TV Digital: Por meta, Anatel exclui lares com parabólicas e TV paga

:: 06/04/2015 17:15
Anatel coordena TV Digital aberta para os mais pobres e os mais ricos

:: 26/03/2015 07:25
TV Digital: Teles e TVs comerciais pressionam por conversor mais barato

:: 04/03/2015 14:02
Minicom mexe na secretaria que cuida de televisão

:: 03/03/2015 15:05
Radiodifusor prefere 3G fora da TV Digital




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Abinee: Fust menor para quem comprar pelo menos 60% de equipamentos nacionais

PRÓXIMA
Governo só obriga a incorporação do Ginga em 2013



 ESPECIAL   ESPIONAGEM DIGITAL
Ex-diretor diz que segurança cibernética do governo está nas mãos de "dois vampiros e um 'zumbi'"

Congresso Nacional de Segurança CibernéticaFoi assim que o ex-diretor do Departamento de Segurança da Informação e Comunicações (DSIC), Raphael Mandarino, se referiu ao Serpro e à Dataprev, além da Telebras. Para ele, as ações do Governo Dilma são "patéticas" na área de Segurança.

» Brasil ainda luta para por em prática medidas contra espionagem
» NSA e aliados têm chaves criptográficas para ouvir celulares em todo o mundo
» Espionagem: Comunicações do governo seguem vulneráveis
Clique aqui para ver a cobertura completa


TCU manda Correios anular pregão de rede IP que passou de R$ 783 milhões

Por conta de “irregularidades graves”, o Tribunal de Contas da União deu 15 dias aos Correios para que reiniciem todo o processo ou apenas a fase de lances. Na disputa entre Claro e BT Brasil, está última acabou sendo vencedora com valor bem abaixo do estimado, mas na sequência reajustou proposta em 444%. Para o TCU, falhas começaram já no edital.


Terceirização: Para TST, até sanção pela presidência, súmula 331 é a Lei

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Antonio José de Barros Levenhagen, sustentou que sem a sanção do projeto, a terceirização para as atividades-fim das empresas seguirá proibida no Brasil. Senado diz que tema não será 'atropelado' na Casa.


Governo designa canais 7 a 13 para TV Digital

Portaria do Ministério das Comunicações publicada nesta segunda-feira, 13/4, oficializa a promessa de uso do VHF alto e dá preferencia aos canais públicos do Executivo, Educação, Cultura, além do Canal da Cidadania.


Telecom: nova lei dá segurança à terceirização prevista na LGT

Lei Geral de Telecomunicações já previa a contratação de terceiros para “atividades inerentes, acessórias ou complementares ao serviço”, mas ainda assim mais de 10 mil processos trabalhistas questionam essa legalidade apenas no terreno dos call centers.

» Terceirização: Para advogado, "pejotização é uma fraude trabalhista e fiscal"


Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Cobertura em vídeo do Convergência Digital





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!