Cloud ComputingConvergência Digital
Governo do Panamá cria nuvem privada

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
Da redação 24/02/2012

O governo federal do Panamá, por meio da AIG (Autoridade de Inovação Governamental), anunciou que está construindo uma nuvem privada, que será utilizada para oferecer serviços a instituições governamentais. A estrutura será construída sobre a tecnologia de Infraestrutura Convergente da HP, que venceu a concorrência por meio de seu parceiro panamenho, SmartBytes.

A justificativa para o projeto é que muitas organizações oficiais enfrentam desafios similares quando precisam suprir as necessidades que diferentes instituições internas possuem para processamento de informações. Isso somado ao crescimento dos custos totais de infraestrutura e às restrições de capacidade total de processamento formam os principais obstáculos que estas organizações enfrentam na hora de estruturar seu ambiente de TI.

Além disso, a AIG enfrentava um desafio extra relativo à quantidade de pessoal exigido para atender às expectativas de levar sua infraestrutura de TI para a nuvem. Para superá-los, a AIG precisava de uma solução escalável, confiável e que garantisse redução nos custos de infraestrutura, ao mesmo tempo em que permitisse mais flexibilidade na hora de atender à demanda.

Após um processo de concorrência, a organização optou pela tecnologia HP CloudSystem Matrix como base para levar sua infraestrutura para a nuvem e passar a oferecer serviços a partir dela. A nova plataforma permitirá que a AIG responda a seus usuários e, ao mesmo tempo, simplifique a criação de serviços em nuvem que facilitem o provisionamento de infraestrutura sob demanda.

“Precisávamos de uma solução que atendesse nossos desafios de TI e criasse o ambiente necessário para a entrega de infraestrutura a nossos clientes. A HP nos trouxe convergência e flexibilidade, ajudando a cumprir nossas expectativas”, afirma Eduardo Jaén, executivo da AIG.

A infraestrutura utilizada no projeto é composta por um kit Blade Matrix Starter, que inclui:

• 1 servidor Enclosure C7000
• 5 servidores BL 460 G7
• 1 servidor DL 360 G7
• 1 VirtualConnect FC & Ethernet
• 1 Enterprise Virtual Array (EVA) 4400
• 8 discos de 450 GB

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

03/02/2016 às 11:50
Ano de ouro para computação em nuvem

01/02/2016 às 13:55
Oportunidades de Big Data na área de Saúde no Brasil

04/02/2016 às 12:05
Líder Aviação virtualiza e monta plano de contingência

28/01/2016 às 18:45
Big data e analytics vão movimentar R$ 3,2 bilhões no Brasil

27/01/2016 às 18:27
A sua empresa já tem um CDO no time?

22/01/2016 às 15:53
Nuvem pública deixa de ser o 'patinho feio'

21/01/2016 às 10:22
Nuvem híbrida reduz complexidade dos negócios digitais

19/01/2016 às 14:05
Gestor de TI opta pela nuvem híbrida e enfrenta o desafio das SDNs

18/01/2016 às 11:11
Infraestrutura para nuvem ignora crise e cresce dois dígitos

13/01/2016 às 10:15
Americana TechxAct investe R$ 12,8 bilhões no Brasil

Opinião
Oportunidades de Big Data na área de Saúde no Brasil
Por Eduardo Prado *


VídeosMais vídeos




Destaques

Ataques DDoS se multiplicam nos serviços na nuvem e data centers

Em 2015, o maior ataque DDoS (negação de serviço) registrado foi de 500 Gbps. Estudo mostra ainda que os ataques miram, simultaneamente, infraestrutura, aplicações e serviços.


Software como serviço 'salva' o ano do segmento de TIC

De acordo com previsões da Forrester, que pela primeira vez incluiu serviços de Telecom no seu relatório, o segmento de TIC vai chegar a uma receita de US$ 2,9 trilhões em 2016. Mesmo com a retração econômica, Brasil deve ter ligeiro crescimento.


Empresas de software ainda patinam para entender o SaaS

Pesquisa da ABES mostra que há ainda muita confusão com o real sentido do termo software como serviço no Brasil.


UIT aprova primeiro padrão para Big Data

“O padrão oferece uma base comum para o desenvolvimento de serviços”, explica o diretor do bureau de padronização da entidade, Chaesub Lee.


Orquestração faz a diferença no uso da nuvem

Reduzir o número de servidores não basta. O importante é saber usar o melhor deles para melhorar a eficiência.


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.