Cloud ComputingConvergência Digital
Governo do Panamá cria nuvem privada

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
:: Da redação :: 24/02/2012

O governo federal do Panamá, por meio da AIG (Autoridade de Inovação Governamental), anunciou que está construindo uma nuvem privada, que será utilizada para oferecer serviços a instituições governamentais. A estrutura será construída sobre a tecnologia de Infraestrutura Convergente da HP, que venceu a concorrência por meio de seu parceiro panamenho, SmartBytes.

A justificativa para o projeto é que muitas organizações oficiais enfrentam desafios similares quando precisam suprir as necessidades que diferentes instituições internas possuem para processamento de informações. Isso somado ao crescimento dos custos totais de infraestrutura e às restrições de capacidade total de processamento formam os principais obstáculos que estas organizações enfrentam na hora de estruturar seu ambiente de TI.

Além disso, a AIG enfrentava um desafio extra relativo à quantidade de pessoal exigido para atender às expectativas de levar sua infraestrutura de TI para a nuvem. Para superá-los, a AIG precisava de uma solução escalável, confiável e que garantisse redução nos custos de infraestrutura, ao mesmo tempo em que permitisse mais flexibilidade na hora de atender à demanda.

Após um processo de concorrência, a organização optou pela tecnologia HP CloudSystem Matrix como base para levar sua infraestrutura para a nuvem e passar a oferecer serviços a partir dela. A nova plataforma permitirá que a AIG responda a seus usuários e, ao mesmo tempo, simplifique a criação de serviços em nuvem que facilitem o provisionamento de infraestrutura sob demanda.

“Precisávamos de uma solução que atendesse nossos desafios de TI e criasse o ambiente necessário para a entrega de infraestrutura a nossos clientes. A HP nos trouxe convergência e flexibilidade, ajudando a cumprir nossas expectativas”, afirma Eduardo Jaén, executivo da AIG.

A infraestrutura utilizada no projeto é composta por um kit Blade Matrix Starter, que inclui:

• 1 servidor Enclosure C7000
• 5 servidores BL 460 G7
• 1 servidor DL 360 G7
• 1 VirtualConnect FC & Ethernet
• 1 Enterprise Virtual Array (EVA) 4400
• 8 discos de 450 GB

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

:: 19/11/2014 17:03
Startups Open Source na mira da Microsoft

:: 17/11/2014 16:22
Brasil: PMEs querem a nuvem

:: 13/11/2014 15:45
Futebol + nuvem: Microsoft e Real Madrid se unem no Brasil

:: 12/11/2014 17:10
Nuvens múltiplas: realidade em 2015?

:: 06/11/2014 11:03
Nuvem pública resiste à pressão com o suporte do consumidor final

:: 05/11/2014 17:26
Explosão de dados: tráfego de data center chegará a 553 exabytes na AL

:: 05/11/2014 16:15
Integração: maior desafio para o uso da nuvem

:: 04/11/2014 10:02
Desenvolvedores serão o carro-chefe da nuvem pública

:: 30/10/2014 16:21
CFO abre o bolso para as compras digitais

:: 28/10/2014 17:40
Microsoft e Open Stack são novas frentes da EMC

Soluções de TI Simples
Brasil tem escola para o cibercrime

Mercado nacional apresenta 9% dos sistemas infectados por malware bancário no mundo.

» Wi-Fi público: Você está consciente dos riscos?
» Brasil segue sem política de segurança para BYOD
» Corporações são mais afetadas por vulnerabilidades de CMS

Opinião
Sobrecarga de dados – um problema, muitas soluções
:: Por Nelson Wang*


VídeosMais vídeos




Destaques

Cientista de dados não é um analista de negócio

Especialista ganha corpo e destaque na estratégia das corporações.


Nuvem ainda está fora dos planos de muitas empresas no Brasil

Pesquisa, feita com 400 companhias, mostra que boa parte delas não quer usar cloud.


Big data: Uso dos 'dados vivos' vira obra de arte

Artista inglesa diz que interesse pelos dados veio pós-denúncias de Edward Snowden.


Para gestores de TI, nuvem corporativa é muito cara no Brasil

Executivos dizem ainda que já sofreram violação de dados por culpa parcial do provedor de nuvem.


OpenStack será a protagonista da nova era da TI

"Estamos um pouco defasados no conceito, especialmente por conta da adoção da nuvem, mas o tsunami da TI está chegando e não podemos ser pegos de surpresa", advertiu o presidente da Red Hat Brasil, Gilson Magalhães.


Copyright © 2014 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.