Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Segurança

Corporações criticam falta de consciência do usuário móvel

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 09/02/2012

O relatório O Impacto dos Dispositivos Móveis para a Segurança da Informação, divulgado pela Check Point, revela que 71% das empresas acreditam que a adoção de dispositivos móveis impulsionou o número de incidentes de segurança, citando entre suas maiores preocupações a perda e a privacidade de informações sensíveis, armazenadas em dispositivos de funcionários, inclusive e-mails corporativos (79%), dados de clientes (47%) e informações de login de rede (38%).

O levantamento mostra ainda que os smartphones e os tablets estão cada vez mais presentes no ambiente corporativo o que provoca uma nova área de atenção para os gerentes de TI. Isso porque eles têm que criar políticas de seguranças dos milhares de dispositivos e sistemas operacionais envolvidos e, ao mesmo tempo, proteger a empresa contra a perda de dados e a crescente presença de ameaças móveis.

O estudo da Check Point apurou que:

• Maior número de conexões às redes corporativas por meio de dispositivos móveis - Aproximadamente 94% das empresas entrevistadas registraram um aumento do número de dispositivos móveis pessoais conectados à rede corporativa, com 78% dos participantes observando 100% de crescimento nos últimos dois anos.

• Dispositivos móveis mais comuns e seus riscos de segurança - Apple (30%) e Blackberry (29%) foram os tipos mais comuns de dispositivos móveis conectados às redes corporativas, seguidos pela Android (21%). Quase metade dos participantes (43%) também acredita que os dispositivos Android representam o maior risco à segurança móvel.

• O comportamento do funcionário influi na segurança dos dados móveis - A maioria das empresas acredita que o maior impacto sobre a segurança de dados móveis é a falta de consciência em relação à segurança entre os funcionários – seguido pela navegação móvel (61%), conectividade Wi-Fi sem segurança (59%), dispositivos perdidos ou roubados (58%) e download de aplicativos móveis maliciosos (57%).

• Muitos dispositivos móveis armazenam dados sensíveis do cliente e da empresa - Dispositivos pessoais e das empresas geralmente armazenam e acessam uma grande variedade de informações, inclusive e-mails (79%), dados de clientes (47%) e credenciais de login (38%) a partir de bases de dados internas ou aplicativos corporativos.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 01/08/2014 14:00
Com dados em alta, cobertura é prioridade da TIM Brasil

:: 01/08/2014 10:55
RGC: provedores Internet devem manter atenção às obrigações

:: 31/07/2014 17:45
Teles ganham liminar e suspendem direitos dos consumidores

:: 31/07/2014 17:36
Claro vai integrar operações da Net e da Embratel

:: 30/07/2014 13:35
Level 3 reforça estratégia de Comunicação Unificada no Brasil

:: 30/07/2014 12:10
Comércio eletrônico: varejo não está preparado para os smartphones

:: 30/07/2014 11:45
Anatel se impõe metas anuais, com foco em contratos de compartilhamento

:: 30/07/2014 10:05
Para PGR, acesso a registros telefônicos não exige ordem judicial

:: 29/07/2014 16:58
Espionagem faz China apertar o cerco à Microsoft, Google e Apple

:: 29/07/2014 16:14
TV paga:'Gatonet' migra para o serviço DTH de satélite




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
NEC compra empresa argentina de segurança eletrônica

PRÓXIMA
Anonymous deixa bancos e ataca governo da Bahia




Espionagem faz China apertar o cerco à Microsoft, Google e Apple
:: 29/07/2014 :: Segurança

Especialistas afirmam que posição mais rígida foi tomada como reação à estratégia da NSA, agência de segurança dos EUA.


Criptografia nacional é segura e não deve nada ao mercado internacional
:: 28/07/2014 :: Segurança

A afirmação é feita pelos executivos da brasileira ZTecnologia, desenvolvedora de uma plataforma 100% nacional para assegurar privacidade nas conversas via telefone celular.


Custo do malware para Android despenca no mercado negro
:: 25/07/2014 :: Segurança

Cibercriminosos podem gastar menos de R$ 10 mil para comprar um conjunto de kits malware para dispositivos Android, capazes de causar, de acordo com especialistas, danos que podem ultrapassar prejuízos de R$ 9 milhões. 


Banco de dados têm sido a porta de entrada dos hackers
:: 24/07/2014 :: Segurança

Estudo mostra que 39% dos ataques direcionados às corporações têm como alvo os bancos de dados. Smartphones e tablets também ganham relevância nos planos de invasões.



Você sabe porque sua empresa é vulnerável?
:: Por Roque Abdo*

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!