Clicky

Convergência Digital - Home

AWS tem oferta gratuita para trabalhadores em home office até 31 de julho

Convergência Digital
Convergência Digital - 09/02/2021

A Amazon Web Services decidiu que novos clientes poderão utilizar a ferramenta Amazon WorkSpaces, voltada para trabalho remoto, de forma gratuita até o dia 31 de julho. A oferta engloba uso de até 50 Windows Standard WorkSpaces, além de uma série de outros pacotes padrão ou desempenho para Windows e Linux. No pacote foi incluído o Amazon WorkSpaces Streaming Protocol (WSP), protocolo de streaming nativo em nuvem que permite uma experiência de usuário consistente, inclusive em redes pouco confiáveis.

Objetivo da AWS é apoiar pequenas e médias empresas (PMEs) em todo o mundo por meio do acesso a uma solução Desktop as a Service (DaaS) segura e gerenciada, facilitando a transição para o trabalho a distância ao mesmo tempo em que empresas mantêm seus funcionários protegidos durante a mais recente onda da pandemia.Um levantamento recente da PwC mostrou que, para 83% dos empregadores, o trabalho remoto foi bem-sucedido nas empresas – em junho de 2020, este número era de 73%.

O Amazon WorkSpaces é uma opção na nuvem que pode ser usada por funcionários contratados ou temporários; alunos e professores; além das equipes de back office, central de atendimento e administrativas. Entre os usuários da ferramenta está o Grupo Oncoclínicas, especializado em oncologia, hematologia e radioterapia da América Latina.

O Grupo implementou o trabalho em home office ao corpo clínico – médicos que, alocados nas clínicas, trabalhavam com computadores desktops, por onde registravam laudos e prescreviam receitas e exames para seus pacientes - e também à equipe de recepcionistas e call center, composta por telefonistas responsáveis pelo atendimento ao cliente e agendamento de procedimentos. As primeiras 50 máquinas foram entregues em apenas 24 horas e, após três dias, foram 300. No pico da pandemia, em 2020, o Grupo chegou a utilizar 400 máquinas virtuais.


Destaques
Destaques

Globo migra data center de produção digital para a nuvem pública do Google Cloud

Acordo entre as companhias tem validade de sete anos e engloba o uso do Android TV pela emissora. O data center próprio será vendido, informa o diretor de Estratégia e Tecnologia da Globo, Raymundo Barros. As CDNs da Globo seguem com infraestrutura própria.

Nuvem vira principal alavanca de TICs no Brasil e puxa R$ 181 bilhões até 2024

Projeções da Brasscom no TecForum 2021 ressaltam crescimento acelerado de 20% ao ano da computação em nuvem, especialmente IaaS e PaaS. Big Data, internet das coisas e inteligência artificial também são destaques. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a IaaS está alinhada ao seu negócio?

Por Fábio Lucinari*

Cada vez mais é preciso considerar que as opções convencionais de TI tendem a ser ineficientes no trabalho de auxiliar as companhias a se adaptarem às necessidades e aos desafios do cenário atual. Infraestrutura como serviço oferece soluções projetadas sob medida e aprimoram o consumo da área de tecnologia.

IA, nuvem e IoT exigem data centers mais eficientes

Por Ed Solis*

Adoção crescente de tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas e PoE estão na lista para melhorar o desempenho das redes e a eficiência do gerenciamento.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site