Clicky

SEGURANÇA

Golpistas simulam agendamento de vacina contra covid e clonam dados

Convergência Digital ... 20/01/2021 ... Convergência Digital

Os cibercriminosos estão aproveitando a ansiedade das pessoas pela vacina contra a Covid-19 para aplicar golpe nas pessoas. A tentativa de golpe acontece da seguinte forma: alguém liga para o celular da vítima e pede dados pessoais para agendar a vacinação. Para isso, claro, o golpista pede para a pessoa confirmar os dados. É a oportunidade de os criminosos clonarem os dados e o número do aplicativo de mensagens do usuário. A recomendação oficial é que as pessoas não repassem dados pessoais por telefone.

A vacinação contra a covid vai ser igual às outras, como a da gripe ou da febre amarela, por exemplo. A pessoa vai aos postos de saúde, ou pontos utilizados em campanhas de imunização, e lá será identificada e cadastrada na hora.

Não será necessário cadastro prévio no posto de saúde, nem no aplicativo Conecte SUS Cidadão. O aplicativo só facilita a identificação no momento de tomar a vacina, alerta o Ministério da Saúde. Então, ao receber ligações ou mensagens pelo celular, com promessa de agendamento de vacinação, e solicitando dados pessoais ou outras informações, não forneça qualquer dado e denuncie a autoridades competentes.


Vazamento de dados: Procon/SP diz que Serasa segue com respostas insuficientes

Ao complementar as informações solicitadas pela entidade de Defesa do Consumidor, a Serasa apresentou um paraecer técnico de empresa especializada de que os sistemas da empresa são seguros. Mas o Procon/SP diz que as respostas foram incompletas e pouco esclarecedoras.

Vazamento de dados: Sigilo prepara ação contra as teles e diz que disputa com Serasa não acabou

Instituto vai recorrer da decisão que desobrigou a Serasa a comunicar vazamentos."Não queremos demonizar ninguém, mas vazamentos geram desconfiança", diz o presidente, Victor Gonçalves.

DPO corre risco de ser punido por megavazamentos com base no Código do Consumidor

Ao participar de evento da associação nacional de encarregados de dados, ANPPD, a advogada Patricia Peck advertiu que a ANPD não tem a exclusividade para aplicar sanções. “o Código do Consumidor traz como crime não informar sobre dados tratados ou correções”.

Abranet: Notificação de incidentes de segurança à ANPD apenas em casos de alta relevância

Entidade sugere que os incidentes de segurança só devam ser notificados se envolver, por exemplo, informações que correspondam a mmais de 50% da base de dados.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G