Clicky

Home - Convergência Digital

Telefonica vende torres para American Tower por 7,7 bilhões de euros. Brasil faz parte do pacote

Ana Paula Lobo* - 13/01/2021

A Telefônica informou nesta quarta-feira, 13/01, que vendeu todo seu portfólio de torres na Espanha, Alemanha, Brasil, Peru, Chile e Argentina por 7,7 bilhões de euros para a American Tower. São 30772 torres rfepassadas à American Tower, que estavam sob a gestão da Telxius, recém-criada subsidiária da operadora para torres, antenas e cabos submarinos.

A Telefônica detém 50,1% da Telxius, o que renderá um ganho de 3,5 bilhões de euros,  que, relata a operadora, serão usados para redução de dívida. A Telefonica também ressalta que a Telxius não será extinta. Ela permanecerá gerindo cerca de 100 mil km de cabos submarinos pertencentes à operadora.

A comercialização dos ativos é explicada como parte de uma estratégia voltada para “potencializar as oportunidades com maior potencial de crescimento, alavancando o valor de nossa infraestrutura; para aumentar a agilidade e melhorar a eficiência; e criar valor com um modelo sustentável de longo prazo".

Na nota oficial da transação, o presidente da Telefonica, Jose Maria Alvarez-Pallete, reforçou que a operadora, agora, segue com objetivos mais ambiciosos que são "a integração da O2 com a Virgin no Reino Unido, a compra da Oi Móvel no Brasil e a redução do endividamento."




Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/03/2021
Fundo canadense investe R$ 1,8 bilhão na FiBrasil, rede neutra da Vivo

24/02/2021
Vivo assume que rede neutra fará a diferença no 5G

23/02/2021
Vivo anuncia negociação avançada com sócio internacional por rede ótica neutra

29/01/2021
Vivo, Claro e TIM assinam contrato de compra da Oi Móvel

20/01/2021
Vivo tem mais de 100 vagas abertas e busca cientista de dados

14/01/2021
Inter fecha parceria MVNO com a Vivo atenta ao mercado pré-pago de voz e dados

13/01/2021
Vivo contrata OpenStack, da Canonical, para levar cobrança online para a nuvem

13/01/2021
Telefonica vende torres para American Tower por 7,7 bilhões de euros. Brasil faz parte do pacote

17/12/2020
Oi e Vivo querem ser compensadas porque clientes não usam mais telefone fixo

08/12/2020
Vivo adota PIX como meio de pagamento de recargas em canais digitais

Destaques
Destaques

5G será muito mais B2B e vai injetar R$ 13,5 bilhões no mercado nos próximos dois anos

Finalmente o 5G entrou na lista das dez previsões para os mercados de Tecnologia e Informação e Telecomunicações da IDC para 2021/2022. Consultoria prevê que a receita virá de novos negócios com IA, IoT, cloud, segurança, robótica e realidade aumentada e virtual.

5G só começa depois de garantia de recepção nas parabólicas

Pelo cronograma previsto na proposta de edital, oferta do 5G tem início 300 dias depois de formalizada a ‘compra’ das frequências – portanto no segundo semestre de 2022.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site