Clicky

Claro: Hábitos da quarentena transformaram as redes móveis

Da redação do 5x5 TecSummit ... 11/12/2020 ... Convergência Digital

Os hábitos de consumo de conteúdo adquiridos pelo brasileiro durante o isolamento social devem acelerar a transformação das redes móveis, avalia a Claro. Segundo relatou a empresa no 5×5 TEC Summit, realizado nesta sexta-feira, 11/12, aplicações de vídeo que se tornaram populares durante a quarentena da covid-19 já estão crescendo nas redes 4G.

"Há uma transformação: tudo que a gente viveu na pandemia dentro de casa, está indo agora para as redes móveis", afirmou o diretor de marketing da Claro, Márcio Carvalho. "Estamos vendo aplicativos extremamente demandados [na rede fixa], incluindo streamings de conteúdo, indo para a rua em todas as telas". Segundo estudos, o tráfego móvel no Brasil chegou a cair 15% durante a pandemia.

As redes fixas, por outro lado, enfrentaram uma explosão na demanda. Para Carvalho, as empresas de telecom fizeram um trabalho notável ao suportar todo o tráfego. Neste sentido, as gigantescas lives realizadas por artistas e outras transmissões do gênero estiveram entre os maiores desafios; a própria Claro promoveu acordos para transmitir parte dos conteúdos pela TV (broadcast) como forma de diminuir o impacto nas redes.

"A realidade que vimos na pandemia, de maneira forçada, é que o tráfego da Internet aumentou e não volta mais, parece um pouco com o nosso [câmbio do] dólar", comparou o VP de negócios da Ericsson no Brasil, Tiago Machado.

5G

"Ter sempre a tecnologia mais moderna para transmissão de maior carga [de conteúdos] é muito importante neste período em que as pessoas estão começando a sair e onde ocorre um processo híbrido nas empresas", prosseguiu Márcio Carvalho, destacando o 5G via compartilhamento dinâmico de espectro (5G DSS) como próximo passo necessário.

Segundo o diretor de marketing da Claro, o DSS para a quinta geração já está cumprindo bem o seu papel em grandes mercados, que mesmo desenvolvidos estariam enfrentando dificuldades em realizar o lançamento massivo de novas torres 5G.

Para Carvalho, a situação será ainda mais desafiadora no Brasil, dado a carga tributária, a desvalorização do real e outros fatores que afetam a cadeia de infraestrutura. "O nosso business case é diferente", afirmou Carvalho, avaliando que a jornada até o "5G sonhado" deve levar algum tempo no Brasil.

Tiago Machado, da Ericsson, classifica a chegada do 5G DSS durante plena pandemia como um sinal de que a demanda pela conectividade já atua de maneira forte, como vetor de transformação. "A tendência de aumento já estava estabelecida, o que mudou foi a inclinação da reta."

O evento 5×5 TecSummit é organizado pelos portais jornalísticos especializados Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, TELETIME e TI Inside, com a proposta de debater a modernização de cinco setores essenciais para a economia brasileira. Inscreva-se gratuitamente e assista as palestras sobre os setores de governo, saúde, energia, finanças e entretenimento estão disponíveis.


Internet Móvel 3G 4G
Governo e teles negociam um piloto 5G standalone

O anúncio foi feito pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria. Segundo ele, seriam 20 pontos em todo o Brasil e outros ministérios participariam como o da Agricultura e o de Infraestrutura. "Queremos testar antes mesmo do leilão como funciona o 5G standalone. As negociações estão em andamento", disse.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Ganho global com Wi-Fi e Wi-Fi 6E chega a R$ 26 trilhões até 2025

Estudo destaca que o uso total da faixa de 6 GHz, com 1200 MHz para sistemas não licenciadas servirá como condutor de crescimento a taxas anuais de 150%. Também será essencial para o impulso da Internet das Coisas.

Veja mais matérias deste especial    •    Inscrição gratuita - Clique aqui

CVM cobra Telebras que anuncia renovação por 10 anos de contrato com Eletrobras

Acordo vale para o uso de fibras óticas e infraestrutura de telecomunicações com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) e Furnas Centrais Elétricas S/A (Furnas). Estatal teve movimentação atípica de ações.

Minicom: “Queremos o 5G standalone, que é o 5G de verdade, não um 4G plus”

Ao concluir viagem à Europa e Ásia para falar com fabricantes de equipamentos, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, avisou que o governo também defende a exigência do release 16 do 3GPP no leilão da quinta geração. 

Claro e Vivo se isolam contra a exigência do 5G pleno

TIM, provedores regionais, pequenos prestadores e operadoras competitivas reforçaram aos parlamentares que 5G pleno não custa mais nem atrasa implementação no Brasil.

Anatel publica regras para fim das concessões de telefonia

Regulamento de Adaptação do STFC traz prazos e procedimentos para Oi, Telefônica, Claro, Algar e Sercomtel decidirem sobre a migração do regime público para privado. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G