Clicky

Home - Convergência Digital

Claro: serviços financeiros serão personalizados e vendidos em marketplaces

Da redação do 5x5 TecSummit - 10/12/2020

A volta das operadoras celulares ao mercado de serviços financeiros está acontecendo em um contexto muito diferente daquele de anos atrás quando suas primeiras experiências acabaram descontinuadas porque a tecnologia e a regulamentação ainda não eram atraentes o suficiente. As teles retornam em um cenário muito mais aberto e competitivo, em que não só elas, mas big techs, varejistas e outros players também começam concorrer com os bancos.

“Os bancos não são mais donos do relacionamento com o cliente. Eles concorrem com big techs, varejistas, telcos: cada um desses pode se posicionar (nesse mercado)”, comentou Maurício Santos, diretor de serviços financeiros da Claro, durante sua palestra sobre as oportunidades das teles no setor financeiro, nesta quinta-feira, 10, no 5×5 TecSummit.

Santos prevê que os serviços financeiros serão cada vez menos padronizados e mais personalizados para cada cliente. E serão provavelmente combinados com serviços não-financeiros, em um ecossistema diversificado e integrado. Além disso, os serviços financeiros não serão mais exclusivos de cada banco, mas poderão ser distribuídos em marketplaces de terceiros, o que deve ser viabilizado com o open banking, projeta o executivo.

“Alguns arranjos de pagamento são antigos e não evoluíram tanto. Arranjos novos estão chegando, como o Pix, que vai nivelar por alto a experiência do cliente em pagamentos”, acrescentou. Enquanto as teles entram no setor financeiro, acontece também o caminho inverso. Santos destacou, por exemplo, o lançamento da Intercell, operadora móvel virtual do Banco Inter.

5×5 TecSummit

O 5×5 TecSummit é um evento online organizado nesta semana em uma parceria de cinco sites de jornalismo especializado em TI e telecom: Convergência Digital, Mobile Time, Tele.síntese, Teletime e TI Inside. O seminário discute tendências em tecnologia em cinco verticais: governo, saúde, energia, finanças e entretenimento. Nesta sexta-feira, 11, o 5×5 TecSummit debaterá inovações no setor de entretenimento. Inscreva-se gratuitamente e recupere as verticais já realizadas.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/12/2020
Claro: Hábitos da quarentena transformaram as redes móveis

11/12/2020
Ericsson: É hora de transformar casos de uso do 5G em modelos de negócio

11/12/2020
Connectoway: Empresas de Internet precisam de mais CDNs

11/12/2020
Furukawa: redução de latência passa por uma boa infraestrutura de fibra e nuvem

11/12/2020
Dynatrace: sistemas na nuvem são dinâmicos e de complexa monitoração

11/12/2020
SAS: pandemia obrigou sistema financeiro a recalibrar seus algoritmos

11/12/2020
Diebold Nixdorf: Dinheiro em espécie não vai morrer tão cedo

11/12/2020
Itaú moderniza 1 petabytes de Banco de Dados com a Oracle

10/12/2020
Claro: serviços financeiros serão personalizados e vendidos em marketplaces

10/12/2020
Huawei: 5G e nuvem são estratégicos para o mercado financeiro

Destaques
Destaques

Brasil está fora dos países liberados pela Espanha para o Mobile World Congress

Programado para acontecer de 28 de junho a 01 de julho, o organizador, GSMA, fechou um acerto com as autoridades espanholas para isentar os participantes das restrições impostas às pessoas de fora da União Europeia.

Highline se propõe a comprar licença 5G e oferecer espectro como serviço para ISPs

A proposta da empresa, explicou Luis Minoru, diretor de estratégia e novos negócios, é o de oferecer toda a infraestrutura na modalidade de serviço. Já há testes em andamento, não revelados, para o funcionamento da modalidade que inclui a operação de telefonia móvel.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Com rede sujeita a apagões, qual impacto do 5G na energia no Brasil?

Por Pedro Al Shara*

Segundo pesquisa da Vertiv, fornecedora de equipamentos e serviços para infraestrutura crítica, um aumento da ordem de 150% a 170% no consumo energético é projetado no setor de Telecom até 2026. Com toda a inovação que o 5G representa, mais dispositivos poderão acessar a internet móvel ao mesmo tempo, utilizando o mesmo sinal.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site