Clicky

GESTÃO

Governo adota sistema de duplo fator de autenticação no Gov.br

Convergência Digital* ... 09/12/2020 ... Convergência Digital

Como medida de segurança contra o furto de senhas, o portal Gov.br passou a adotar o sistema de duplo fator de autenticação no sistema que já conta com 85 milhões de brasileiros cadastrados. A medida atinge serviços como o e-CAC da Receita Federal e a Carteira Digital de Trânsito, entendidos como alvos visados.

Segundo a Secretaria de Governo Digital, na prática haverá o envio de um código para o celular quando o cidadão digitar login e senha para acessar o portal de serviços do governo federal.

A adesão a esse duplo fator de autenticação é voluntária, ou seja, o usuário poderá escolher se quer utilizá-lo. Em caso positivo, será necessário ter o aplicativo Meu Gov.br baixado no aparelho.

“Toda vez que você acessar um serviço do Gov.br, seja no portal ou por aplicativo do governo, vai receber um código para complementar sua senha. Então, mesmo que alguém furte sua senha e seu CPF, não vai conseguir acessar o sistema. O celular se torna o segundo fator de autenticação, o que é boa prática de segurança adotada por todos os maiores sistemas”, afirma o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mario Paes de Andrade.

* Com informações do Ministério da Economia

 


Receita abre canal via internet para recursos contra indeferimento do Simples

O serviço está disponível somente para os casos em que o indeferimento foi realizado pela Receita Federal, o que acontece em mais da metade dos pedidos. 

TI e Telecom são serviços essenciais e não antecipam feriados

Sindicato patronal informa que o recesso sanitário não altera a rotina operacional do segmento. Também não haverá adiantamento de feriados, o que implica em pagamento de horas extras com adicional de 100% para os empregados que trabalharem nesses dias.

Contact center: Oi Soluções e Tahto unem forças por serviços digitais

Aliança quer levar ao B2B serviços, entre outros, como big data, monitoramento de midias sociais, atendimento digital e operações de televendas.

DPO como serviço é a saída para as empresas se adequarem à LGPD

Pesquisa nacional mostra que 28,4% dos encarregados de dados atuam no modelo ‘as a service’, para um ou mais clientes. Uma em cada quatro empresas terceirizou a função. Medo de multa está fazendo as companhias agirem mais rápido.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G