Clicky

Vivo toma liderança da TIM no pré-pago

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/11/2020 ... Convergência Digital

O mercado de telefonia móvel no Brasil parece ter se reencontrado com o crescimento em 2020, depois de cinco anos consecutivos de queda no número total de acessos. Mas a retomada é desigual. Dados divulgados pela Anatel até outubro deste ano mostram que apenas Vivo e Claro acumulam saldo positivo, enquanto TIM e Oi ainda perdem mais clientes do que ganham. Em outubro, o país contava com 230,17 milhões de acessos ativos. 

Nesse movimento, uma mudança digna de nota foi a Vivo tomar da TIM o posto de operadora com maior número de acessos pré-pagos. A empresa que tem 77,25 milhões de chips ativos e já era líder no pós (44,17 milhões em outubro), viu a base do pré crescer (1,67 milhão), para 33,08 milhões. O maior avanço da Vivo, porém, foi no 4G. O crescimento foi de 37%, para 54,32 milhões de acessos, ou 70,3% da base total.

Já a TIM, que começou 2020 com 32,98 milhões de assinantes pré-pagos, chegou a outubro 11% menor, com 29,30 milhões de clientes nessa modalidade de pagamento. A operadora teve algum ganho no pós pago (+489,37 mil), mas o saldo geral foi o mais negativo entre as quatro grandes: -3,18 milhões de acessos, somando em outubro 51,25 milhões. O melhor ganho da TIM foi no 4G, que cresceu 13% no período, para 40,96 milhões de acessos – a segunda maior e de longe a tele móvel com maior proporção de assinantes nessa tecnologia (80%).

No acumulado de 10 meses, a tele com maior saldo positivo foi a Claro, com alguma perda no pré (-329,12 mil), mais do que compensado no pós (+3,74 milhões), o que resultou em adições líquidas de 3,41 milhões de chips ativos. A operadora também viu o 4G crescer 33% (+4,90 milhões), 70,4% de sua base total. Na soma geral, a empresa chegou ao fim de outubro com 57,90 milhões de acessos móveis. 

Na Oi, o ano foi de estabilidade, com um leve recuo no geral (-0,6%), resultado de ter perdido mais clientes no pré-pago (-755,36 mil) do que ganhou no pós-pago (516,41 mil). Ao fim de outubro, a Oi somava 36,54 milhões de acesso ativos, dos quais 26,57 milhões no 4G, o que representa 72,7% da base total da operadora. 


Internet Móvel 3G 4G
Operadoras abraçam Open RAN aberto, mas cobram financiamento da União Europeia

Telefónica, Deutsche Telekom, Orange e Vodafone assinaram um acordo para promoção de redes de acesso abertas e interoperáveis (Open RAN), mas pedem recursos para ter implantação massiva a partir de 2022.

Algar substitui Claro no 0800 do Ministério da Economia

Contrato de R$ 28,7 mil tem validade inicial de um ano, até o final de 2021. 

Minicom cede Artur Coimbra para ser corregedor da ANPD

O secretário de radiodifusão, Max Martinhão, acumula interinamente a Secretaria de Telecomunicações. Segundo a pasta, ainda não há novo nome para substituir Artur Coimbra.

Abinee: Diferença de custo entre migração e mitigação no 5G é menor do que apontam teles

Estudo indica valores semelhantes aos projetados pela Anatel, de R$ 1,1 bilhão para o uso de filtros e R$ 1,8 bilhão para mudança da recepção de antenas para a banda Ku.

Anatel apreende 15 mil carregadores de celulares na 25 de Março, em São Paulo

Equipamentos não homologados foram avaliados em R$ 180 mil e foram recolhidos em um único distribuidor. Outros 11 mil carregadores foram apreendidos em três operações durante o mês de novembro.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G