Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Positivo, Dell e Daten têm melhores lances na compra unificada de PCs no governo

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/11/2020 ... Convergência Digital

A se confirmarem os resultados dos pregões para desktops, notebooks e monitores, o governo federal vai investir R$ 749 milhões em 189 mil equipamentos em compra unificada. Até aqui, Positivo, Dell e Daten dividem os PCs, enquanto a Fagundez Distribuidora ficou com os monitores. Mas há recursos e os resultados ainda não foram homologados.

A diferença é significativa frente ao total de R$ 1,25 bilhão previsto nos termos de referência dos editais. É certo que houve uma redução no número de desktops no potencial de compra, incialmente estimados em 148,2 mil, mas que ficaram em 124,9 mil. Mas com exceção dos monitores, a disputa reduziu valores. 

Mesmo com a mencionada redução no volume inicialmente estimado, o desktop foi o produto com maior queda entre os preços previstos e os melhores lances. O modelo chamado “básico”, com 55.847 unidades, vencido pela Positivo, teve redução acima de 25%. Já no modelo “padrão”, com liderança da Dell em 69.139 unidades, a queda foi de 51%. A soma dos desktops, por enquanto, chega a R$ 465,8 milhões – mas trata-se de registro de preços e o volume pode ser maior ou menor. 

No caso dos notebooks, os melhores lances foram da Positivo e da Daten. Pelo pregão, a Positivo vai entregar 19.886 no modelo que o edital chamou de “alta mobilidade”, somando R$ 75,33 milhões. Já a Daten ofereceu o melhor preço para os 30.054 equipamentos do modelo “padrão”, em um total de R$ 138,12 milhões. No caso dos notebooks, as diferenças entre estimado e final ficaram em 18% e 10%, respectivamente. 

Já nos monitores, a compra vai sair pelo preço previsto de R$ 994 a unidade. Todos os concorrentes apresentaram valores acima do estimado e só um dos participantes, a Fagundez Distribuidora, se dispôs a reduzir o valor até o máximo pretendido pela Central de Compras do Ministério da Economia. No caso, o fornecedor, LG, topou. Assim, esse pregão, que envolve 70.166 monitores, deve ficar por R$ 69,75 milhões. 


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

À espera de correção no imposto sobre componentes, indústria maneja estoques

Segundo Abinee, com a demora na publicação de nova resolução Gecex, fabricantes postergaram embarques para evitar imposto de importação. Ministério da Economia diz que novo texto já foi aprovado. 

PPI: Satélite é ponto sensível em venda da Telebras; governo adia privatização do Serpro e da Dataprev

Novo calendário de privatizações passa as estatais de TI para 2022, junto com a Telebras. Mas antes, plano precisa apontar o que fazer com inclusão digital e segurança nacional. 

Cadastrão de dados do governo afronta a LGPD e precisa ser revisto

“Embora o compartilhamento de dados seja muito útil à máquina pública, não vai funcionar sem anteparos que protejam contra abusos”, aponta o advogado, professor e representante da Câmara ao Conselho Nacional de Proteção de Dados, Danilo Doneda.

Governo vai usar reconhecimento facial para verificar assinaturas digitais

“A solução centralizada para assinatura já esta pronta e é parte do Gov.br. Os órgãos tem até julho para descrever que assinatura vão aceitar em cada serviço e integrar os sistemas à plataforma”, explica o secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G