Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Mambo WiFi substitui Google Station no projeto WiFi Livre em São Paulo

Convergência Digital ... 23/11/2020 ... Convergência Digital

Desenvolvido em 2014 pela prefeitura da capital paulista, o programa WiFi Livre SP incorporou a startup de tecnologia Mambo WiFi como parceira da iniciativa. A empresa disponibiliza software de captive portal para administrar mais de 600 pontos de conexão sem fio na cidade, aumentando a eficiência no controle dos acessos para a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT) e garantindo acesso gratuito à internet para população paulistana que mais precisa.

Atuando desde o fim de 2019 no desenvolvimento do serviço, que antes era prestado pela Google Station, a empresa foi escolhida pelos provedores America Net e Surf Telecom, ficando responsável não apenas por administrar acessos, mas também por aplicar pesquisas e divulgar assuntos de relevância pública.

O programa ainda está em fase de implantação junto às localidades dos hotspots determinados pela Prefeitura, com previsão de mais de 1 mil hotspots até 2021. Cerca de 80% do projeto já está ativo, mas devido à chegada da COVID-19, apenas 550 mil usuários por mês estão usufruindo do serviço. A expectativa pós-pandemia é de que os acessos dupliquem ou até tripliquem mensalmente.

A maioria dos pontos estão disponíveis em regiões de grande vulnerabilidade social. Além de praças e parques, as redes serão instaladas em postos de saúde, centros educacionais unificados (CEUs), centros culturais, bibliotecas, teatros e outras unidades públicas. Por meio da inclusão digital, a ação encoraja a cidadania e democratiza o acesso à informação.

Para fazer uso do serviço, basta que a tenha um smartphone, tablet ou notebook com um chip de celular ativo. Após se conectar à internet, aparecerá um anúncio publicitário. O usuário poderá pular a publicidade após dez segundos de exibição e ir direto para a navegação.

Para Katie Pierozzi, CEO da Mambo WiFi, participar de um projeto em benefício da comunidade é motivo de orgulho. "Demonstra que estamos no caminho certo e é uma atividade à altura da responsabilidade que queremos assumir", afirma. "Também é importante por evidenciar que a nossa plataforma fornece toda qualidade e suporte necessário para uma causa tão relevante”, completa.

Em cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e ao Marco Civil da Internet, a Mambo Wifi e a Prefeitura de São Paulo garantem que dados coletados dos usuários não serão divulgados sem autorização dos mesmos.


Carreira
Sercomtel faz PDV para enxugar metade do quadro de funcionários

Colaboradores interessados poderão aderir à proposta até o dia 2 de fevereiro. Atualmente, a empresa tem cerca de 450 funcionários. A operadora foi comprada por R$ 130 milhões pelo fundo Bordeaux, o mesmo que também adquiriu a Copel Telecom.

Governo anuncia lançamento de cabo submarino entre Brasil e Europa

O cabo ligará Fortaleza a Sines, em Portugal, anunciou o ministro das Comunicações, Fabio Faria. A obra será feita pela EllaLink, que promete uma estrutura capaz de proporcionar um tráfego de dados a 72 Terabits por segundo (Tbps) e latência de 60 milissegundos. Serão lançados 6 mil quilômetros de cabos submarinos.

Em um Brasil desigual, governo digital tem de servir para todos

Como destaca o professor Silvio Meira, no Brasil onde a desigualdade aumenta, “a gente vai ter que ser muito competente para desenhar serviços que possam ser usados realmente por todo mundo e não só por quem tem acesso à conectividade".

Treze anos depois, Congresso aprova uso do Fust para inclusão digital

Texto permite uso dos recursos, cerca de R$ 1 bilhão por ano, por serviços no regime privado, como a oferta de banda larga. Mas como ressaltado na votação, como não é impositivo, haverá conflito com a PEC dos Fundos. 

Brasil tem desempenho pífio em ranking global de educação digital em cibersegurança

Levantamento mostra o País em 42º entre 50 pesquisados e avalia nível de conhecimento atual sobre risco cibernético e a relevância das iniciativas para promover educação e treinamento. 

Apenas 16% dos empregados em teletrabalho tiveram Internet paga pelos patrões

Nova pesquisa TIC Covid, do Cetic.br, reforça que a alternativa do home office se deu predominantemente entre os mais ricos e escolarizado. Apenas 20% dos patrões ofereceram aplicações de segurança.

Desigualdade econômica acentua exclusão digital do campo no Brasil

Estudo mostra que na região, 77 milhões de pessoas não tem acesso à internet. No Brasil, que puxa os índices agregados para cima, diferença é gritante entre grandes e pequenas propriedades. Levantamento mostra que 244 milhões de pessoas na AL não têm acesso à Internet.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G