Clicky

NEGÓCIOS

Transformação digital: quase três em cada 10 empresas temem morrer em dois anos no Brasil

Ana Paula Lobo ... 17/11/2020 ... Convergência Digital

O impacto da Covid-19 nas empresas brasileiros foi significativo. Tanto que 27,5% das 200 empresas entrevistadas pela terceira edição do Índice de Transformação Digital da Dell Technologies 2020 (DT Index 2020) assumem que têm medo de desaparecer nos próximos dois anos e 67,5% não acreditam em fechar as portas, mas em admitem muitas demissões e levar pelo menos quatro anos para retornar à lucratividade. Mas não foi apenas a Covid-19 que impactou na transformação digital. O índice de empresas líderes vem caindo desde 2016, quando esteve em 12% e, agora, quatro anos depois fica em apenas 4%.

O DT Index 2020 identificou ainda que 92% das empresas estão reinventando seu modelo de negócio por conta do cenário gerado pela COVID-19. Apesar disso, 45% estão preocupadas que a transição não seja rápida o suficiente. Mesmo com 42% das empresas instaladas no país afirmando terem acelerado todos ou a maioria de seus projetos voltados à transformação digital, 58% admitem que fizeram pouco ou nenhum progresso nesse sentido.

Entre as iniciativas mais relevantes, 58,3% dos entrevistados no Brasil priorizararam investimentos em soluções voltadas a garantir o trabalho remoto e home office, enquanto que 44,6% tiveram de reinventar a forma de entregar produtos e serviços para clientes e colaboradores e 40,6% aumentaram os esforços para evitar ataques cibernéticos.

A grande maioria (96%) reconhece que a pandemia evidenciou a importância de ter uma infraestrutura de TI mais ágil e escalável para atender às novas necessidades do negócio. Contudo, menos da metade (44%) afirmam ter as soluções tecnológicas adequadas para permitir uma aceleração dos projetos de digitalização. "Falta de dinheiro prejudicou bastante. Mas também avalio a falta de talentos capacitados para enfrentar o momento como muito importante", diz o presidente da Dell Brasil, Diego Puerta, na coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, 17/11.

O levantamento aponta as principais barreiras à transformação digital:

·34,5% falta de crescimento econômico

·33% incapacidade de extrair informações importante dos dados

·28% preocupações com privacidade e cibersegurança

·28% falta de recursos e orçamento

·27,5% regulamentação ou mudanças nas leis 

 


TI da América Latina será última a se recuperar da pandemia de Covid-19

Gastos globais de tecnologia da informação em 2021 já serão maiores que 2020, mas na China, EUA e Europa. Na América Latina, Brasil incluído, a recuperação só virá em 2024, aponta o Gartner.

Em reviravolta na Suprema Corte, Google derrota Oracle em ação bilionária pelo uso da Java

Por maioria de 6 a 2, a Suprema Corte dos Estados Unidos conclui que APIs são “significativamente diferentes” de outros programas de computador e rejeitou cobrança por violação de direito autoral. 

Intelsat contrata e abre centro de suporte a clientes no Brasil

Para o centro brasileiro, localizado no Rio de Janeiro, a empresa de satélite contratou 10 funcionários, que serão responsáveis pelo atendimento a clientes no país e em toda a América Latina.

Competitividade: o mantra do Brasil no jogo da economia digital

Em entrevista à CDTV, o executivo falou sobre os três objetivos estratégicos para 2021: reforma tributária digna para desonerar o emprego; formação de talento e medidas para garantir o uso intensivo de dados.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G