Clicky

NEGÓCIOS

BC promete WhatsApp em pagamentos 'breve' e conversa com Google

Convergência Digital ... 16/11/2020 ... Convergência Digital

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta segunda-feira, 16/11, que o WhatsApp, aplicativo de mensagens do Facebook, entrará, 'em breve', em pagamentos no Brasil e que mantém conversas com o Google, além de outras gigantes de tecnologia que ele não mencionou nominalmente. Ao ser questionado se o Whatsapp iria entrar em pagamentos dentro do sistema de pagamentos instantâneo Pix ou fora dele, Campos Neto respondeu, em coletiva de imprensa, que a empresa começará com transferências de valores entre pessoas, no desenho conhecido como P2P (‘peer to peer’).

“Whatsapp vai entrar, vai começar fazendo P2P em breve. Eu tenho conversado bastante com o CEO do Whatsapp, inclusive ele tem me dito que o processo no Banco Central foi mais rápido do que em outros países”, disse. “Então a gente está avançando bastante com o processo, vai começar com P2P e depois vai fazer P2M (transferência entre pessoas e estabelecimentos). Nossa única preocupação é passar por todos os critérios de aprovação e que a gente tenha sistema que fomente competição, do mesmo jeito que estamos conversando com Google e com outros”, completou.

Além do Whatsapp, o BC está conversando com o Google e outras big techs, pontuou Campos Neto, destacando que há vontade de estar no Brasil, que conta com mercado consumidor “bastante amplo”, com “oportunidade na digitalização”. O BC suspendeu o serviço anunciado pelo Whatsapp, o Facebook Pay, em 23 de junho, alegando a necessidade de que ele passasse por um processo de autorização. O modelo lançado no Brasil pela companhia em 15 de junho previa a transferência de recursos por meio do aplicativo através de cartões, com utilização dos sistemas de pagamentos existentes da Visa e da Mastercard.

Na época, fontes próximas às discussões apontaram que o lançamento de pagamentos pelo Whatsapp antes do início pleno de operações do Pix poderia afetar negativamente a nova plataforma do BC. Isso porque o Whatsapp é utilizado em larga escala no país e poderia já consolidar um mercado novo, blindado de concorrência, antes das transferências de pessoa física para pessoa física serem também facilitadas -- e barateadas-- com o Pix. O Pix foi lançado nesta segunda-feira pelo BC, em linha com cronograma divulgado há meses.

O pagamento instantâneo pelo Pix funcionará 24 horas por dia, todos os dias do ano, a um custo operacional significativamente mais baixo que o de modalidades conhecidas, como transferências do tipo TED ou DOC e pagamentos por cartões de crédito e débito. Segundo o BC, o custo do Pix é de 1 centavo para 10 transações.

As operações de pessoa física para pessoa física no Pix são gratuitas desde que feitas por meios eletrônicos. As compras feitas por pessoas físicas com o Pix tampouco podem ser tarifadas. Em contrapartida, os bancos poderão taxar as transações com Pix feitas entre empresas, tanto na ponta do pagador quanto do recebedor.


Intelbras quer R$ 1,242 bilhão com IPO e ir às compras para crescer

Empresa, com sede em Santa Catarina, lançou o segundo protocolo na CVM para fazer a sua oferta pública de ações no mercado. Objetivo é avançar em software e hardware como serviço para expandir atuação n varejo.

Diebold Nixdorf: Dinheiro em espécie não vai morrer tão cedo

Fabricante de ATMS aposta na renovação do parque com a adoção de recicladores, capacitados para contar as cédulas depositadas, substituindo o processo atual, no qual o dinheiro é depositado em envelopes.

Oracle: Banco do futuro será ‘phygital’

Uma nova roupagem com o mix do físico com o digital é a grande tendência, diretor de indústria e inovação para instituições financeiras da Oracle, Ramon Carcolé Sans.

Nuvem e notebooks impulsionam cresimento de 20% para Informática em 2021

Há uma forte demanda por servidores e storage, revelou o diretor de Informática da Abinee, Maurício Helfer. "O custo da pandemia já foi pago em 2020", afirmou o presidente da Abinee, Humberto Barbato.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G