Clicky

Home - Convergência Digital

Carlos Baigorri é o novo relator do edital do 5G na Anatel

Luís Osvaldo Grossmann - 12/11/2020

Do sorteio de processos no Conselho Diretor da Anatel realizado nesta quinta, 12/11, a versão final a ser costurada no edital do 5G caiu para Carlos Baigorri, empossado no posto há duas semanas depois de um ano de espera pela sabatina no Senado Federal. 

Considerado pela agência como o maior leilão de radiofrequências já realizado no Brasil, o edital que oferta nacos de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz orientados à nova geração tecnológica é, mais uma vez, envolto em disputas no campo da migitação de interferências e na compensação a operações atuais. 

Em especial, operadoras móveis e emissoras de televisão buscam fazer prevalecer a visão de cada lado na forma de mitigação de interferências do 5G em 3,5 GHz na recepção de sinais pelas antenas parabólicas. As teles defendem o uso de filtros nas parabólicas, enquanto as TVs querem migrar a recepção para outra parte do espectro, a banda Ku, acima de 10 GHz. 

A diferença no custo dessa escolha é grande. Ou pelo menos assim sugere um estudo patrocinado pelas operadoras móveis, que estimou a distribuição de filtros em algo próximo a R$ 224 milhões, enquanto a migração para a banda Ku custaria cerca de R$ 1,8 bilhão. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2021
Anatel abre edital para serviços de TI em pregão de R$ 7,7 milhões

17/06/2021
Anatel muda fiscalização e prevê advertência no lugar de multa

16/06/2021
É hora de cumprir a promessa do 5G

15/06/2021
Ministro das Comunicações ataca teles por causa do 5G DSS

15/06/2021
Itaú Unibanco e Vivo Empresas testam agência bancária com 5G

14/06/2021
Anatel adota novo procedimento para homologação de produtos

14/06/2021
5G e Inteligência Artificial são estratégicos para suportar investimentos no Brasil

14/06/2021
Anatel abre consulta sobre convivência entre 5G e satélites

09/06/2021
IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

07/06/2021
Anatel busca consultoria para implementar acesso dinâmico a espectro

Destaques
Destaques

IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

Só assim as operadoras de telecomunicações vão ser capazes de suportar as novas aplicações e terão como monetizar volumes crescentes de dados habilitados para o 5G e edge aponta estudo global da IBM, conta a líder de serviços de consultoria para a indústria de mídia e Telecomunicações da IBM América Latina, Marisol Penante.

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços de Valor Agregado são a aposta das teles para lucrar com 5G

Por Luiz Pereira*

Em tempos nos quais o serviço de conexão já virou commodity, companhias do setor precisam diversificar ofertas para aproveitarem nova tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site