Clicky

Algar Telecom caminha para tomar 100% das decisões com base em dados

Por Roberta Prescott* ... 06/11/2020 ... Convergência Digital

Por meio de um programa de transformação tecnológica, chamado de NEXT, a Algar Telecom vem promovendo uma série de ações de simplificação de redes e de sistemas, de adoção de virtualização e cloud, além de uma jornada de analytics. "Com esse movimento, a nossa meta é a empresa tomar 100% das decisões baseadas em dados, com assertividade e eficácia", ressalta Luis Antonio Andrade Lima, vice-presidente de Operações, Tecnologia e Evolução Digital da Algar Telecom.

A companhia está avançando na jornada de transformação tecnológica e, hoje, tem uma visualização muito melhor de suas redes. "Tomamos decisões baseadas em fatos que já aconteceram ou que acontecerão na rede, sempre com foco no que é melhor para o cliente", explica.

A telco implantou ferramentas para gestão de capacidade de datacenter; para análise da rede celular (que avalia o uso da rede e mostra onde se deve investir para gerar uma melhor experiência aos clientes); para análise de redes interurbanas (backbone), que informa onde se deve inserir equipamentos para melhorar a experiência do cliente, além de auxiliar na gestão de capacidade e qualidade; e de dashboards, que integra várias bases de dados em visões customizadas para cada colaborador da empresa.

Essa última ferramenta, adquirida em 2019, permite o self-service analytics que, de acordo com Andrade Lima, aumentou a eficiência e a maturidade para tomada de decisões mais assertivas, claras e rápidas.  A jornada teve início em 2017, com as primeiras entregas em 2018. "Hoje já avançamos muito e estamos trabalhando para ampliar ainda mais o uso dessas soluções, apostando agora em inteligência artificial a partir dos dados das soluções adquiridas para tomadas de decisão automáticas", relata o vice-presidente.

A Algar Telecom já tem um processo de compartilhamento das informações entre as áreas. Por exemplo, no que se refere à rede de celular, coleta informações com a ferramenta de analytics. "Além disso, como trabalhamos em modelo de squads (agile), temos atuação conjunta e discussões aprofundadas entre as áreas sobre investimentos, capacidade de redes e experiência do cliente", acrescenta Andrade Lima.

Como principais ganhos, a Algar Telecom obteve maior maturidade no negócio para trabalhar com cruzamento de informações em tempo real. Andrade Lima destaca ainda um aumento superior a 15% na eficiência de investimentos; melhor produtividade das equipes; melhor taxa de conversão de ofertas de clientes; fidelização de receita/redução do churn. "Além do principal para a Algar Telecom, que é a melhoria da experiência do cliente, com aumento de 25 pontos porcentuais no NPS - Net Promoter Score (móvel)", ressalta.


Internet Móvel 3G 4G
Governo e teles negociam um piloto 5G standalone

O anúncio foi feito pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria. Segundo ele, seriam 20 pontos em todo o Brasil e outros ministérios participariam como o da Agricultura e o de Infraestrutura. "Queremos testar antes mesmo do leilão como funciona o 5G standalone. As negociações estão em andamento", disse.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Ganho global com Wi-Fi e Wi-Fi 6E chega a R$ 26 trilhões até 2025

Estudo destaca que o uso total da faixa de 6 GHz, com 1200 MHz para sistemas não licenciadas servirá como condutor de crescimento a taxas anuais de 150%. Também será essencial para o impulso da Internet das Coisas.

Veja mais matérias deste especial    •    Inscrição gratuita - Clique aqui

CVM cobra Telebras que anuncia renovação por 10 anos de contrato com Eletrobras

Acordo vale para o uso de fibras óticas e infraestrutura de telecomunicações com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) e Furnas Centrais Elétricas S/A (Furnas). Estatal teve movimentação atípica de ações.

Minicom: “Queremos o 5G standalone, que é o 5G de verdade, não um 4G plus”

Ao concluir viagem à Europa e Ásia para falar com fabricantes de equipamentos, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, avisou que o governo também defende a exigência do release 16 do 3GPP no leilão da quinta geração. 

Claro e Vivo se isolam contra a exigência do 5G pleno

TIM, provedores regionais, pequenos prestadores e operadoras competitivas reforçaram aos parlamentares que 5G pleno não custa mais nem atrasa implementação no Brasil.

Anatel publica regras para fim das concessões de telefonia

Regulamento de Adaptação do STFC traz prazos e procedimentos para Oi, Telefônica, Claro, Algar e Sercomtel decidirem sobre a migração do regime público para privado. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G