Home - Convergência Digital

TIM abre 300 vagas para estágio e oferece curso de idioma básico online

Convergência Digital - 03/11/2020

A TIM reformulou seu programa de estágio para conectar novos talentos à empresa e gerar mais oportunidades para grupos socialmente minorizados. A operadora busca a diversidade de perfis e, por isso, incentivará a inscrição e seleção de pessoas com deficiência, LGBTI+ e estudantes de diferentes faixas etárias, além de ter a meta de preencher 50% das vagas com pessoas negras. Ao longo de 2021, serão 300 posições em sete Estados brasileiros. As inscrições vão até 30 de novembro próximo.

A companhia revisou o perfil e pré-requisitos do programa: bastará que quem se candidate esteja com matrícula ativa e cursando a faculdade, com previsão de formatura a partir de junho de 2022. Não há restrições relacionadas às instituições de ensino e cursos de graduação. O conhecimento de idiomas será desejável somente em vagas específicas e a TIM oferecerá, inclusive, um curso básico online de inglês para todos os inscritos no processo seletivo, mesmo que não sejam aprovados na fase final.

Características como criatividade, empatia, colaboração e mente aberta, em um ambiente que preza pela diversidade, pode propiciar inovação. "O novo programa de estágio está alinhado ao atual propósito da marca, pautado nos valores de liberdade, respeito e coragem. As mudanças que fizemos buscam refletir a realidade do Brasil. As pessoas negras são 55,8% da população do país, por exemplo, mas ainda não têm representatividade expressiva nas grandes empresas", afirmou Maria Antonietta Russo, VP de Recursos Humanos da TIM Brasil.

Além das mudanças nos critérios de seleção, o novo programa traz importantes ajustes nos planos de formação e desenvolvimento dos estagiários. O objetivo é proporcionar uma experiência completa e consistente de aprendizado, complementar à formação acadêmica, e acelerar o processo de desenvolvimento. São destaques iniciativas como a que estimula a vivência em outra área de interesse, com troca de experiências entre os estagiários, e outra que permite a mudança da área de trabalho após o primeiro ano de estágio.

As premissas para efetivação também mudaram e, a partir de 12 meses de estágio na TIM, já é possível a contratação na área de atuação ou em outros setores da companhia. Aqueles que estiverem nos últimos seis meses do período de estágio, que dura no máximo 24 meses, serão mapeados prioritariamente para ocuparem possíveis vagas de analista, assistente ou assistente sênior.

As vagas disponíveis são para a sede da empresa, no Rio de Janeiro, além de escritórios regionais também na capital fluminense e em São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Curitiba e Belém. A primeira turma aprovada começa a trabalhar em janeiro de 2021 e os demais serão chamados ao longo do ano. As bolsas têm valores entre R$ 1.350 e R$ 1.500 e os estagiários contam ainda com benefícios como vale transporte, vale alimentação, seguro de vida, assistência médica e odontológica, smartphone com pacote de voz e dados, happy day (folga no dia do aniversário) e Gympass (desconto em academias), dentre outros. As inscrições podem ser feitas até dia 30 de novembro no site www.estagiotim.com.br.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/01/2021
TIM entra na disputa pela gestão da iluminação pública com rede de IoT

14/01/2021
Governo solta atas de registro de preços para órgãos públicos contratarem TIM e Claro

06/01/2021
TIM e Claro levam pregão de telefonia móvel e fixa do governo federal

16/12/2020
Capdeville, CTIO da TIM: "Usamos equipamentos chineses há vinte anos e não há nada que desabone a rede brasileira"

16/12/2020
TIM descarta briga na Justiça pela Oi Móvel

16/12/2020
TIM: dizer que 5G DSS não é o 5G é obrigatório para não queimar a tecnologia

14/12/2020
TIM avalia financiar investimento de R$ 7,3 bilhões na Oi Móvel

11/12/2020
TIM tem autorização da diretoria para vender controle da TIM Live

11/12/2020
Spacecom seleciona TIM para viabilizar tornozeleira eletrônica 4G IoT do Brasil

04/11/2020
TIM adverte que possível banimento da Huawei só poderia acontecer no 5G

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site