Home - Convergência Digital

Mais da metade dos brasileiros quer aprender programação e análise de dados

Convergência Digital - 30/10/2020

Para 94% dos trabalhadores brasileiros existe uma lacuna de habilidades no país – ou seja, uma falta de capacitação dos profissionais, revela o Relatório Global Lacuna de Habilidades 2019/2020, realizado pela plataforma de aprendizado e ensino online Udemy. O número no Brasil é o maior entre os países pesquisados (Brasil, México, Índia, Espanha e França). Na Espanha, por exemplo, o número é de 77%. No México, é de 72%. A média global é de 83%.

A geração que mais sente essa lacuna no Brasil é a X (que inclui profissionais de 36 a 52 anos) – 96% dos entrevistados dizem acreditar que exista, sim, uma falta de qualificação no país. Em seguida, vêm os millennials (profissionais dos 21 aos 35 anos), com 94%, e os baby boomers (profissionais dos 53 aos 71 anos), com 92%. Não há diferenças significativas em como as mulheres e os homens brasileiros percebem essa questão.

Quando perguntados se a lacuna de habilidades os afeta diretamente, 75% dos trabalhadores brasileiros disseram que sim. O número é quase 3 pontos percentuais mais alto que o encontrado pelo mesmo relatório no ano passado – o que pode querer dizer que os profissionais estão mais conscientes de que a qualificação precisa melhorar no país.

Como, então, preencher essa lacuna? Quais são as habilidades que os profissionais brasileiros precisam aprender? O estudo da Udemy também perguntou aos trabalhadores quais são as competências que são mais valorizadas pelos empregadores atualmente. 55% deles responderam que são as técnicas/digitais (programação, análise de dados, web design e marketing/SEO, por exemplo). Em segundo lugar, ficaram as de liderança e gestão (como criação de equipes, resolução de conflitos e liderança de times), com 53%.

E como adquirir essas habilidades? De acordo com 67% dos profissionais entrevistados, o ensino universitário não oferece toda a qualificação necessária para que eles sejam eficazes nos seus trabalhos. Para aprender essas competências, eles estão estudando de outras formas.

Quando perguntados sobre qual é a sua principal fonte para aprender novas habilidades, 47% dos trabalhadores brasileiros responderam que eram cursos e vídeos online. Em segundo lugar, com 31%, ficaram os treinamentos patrocinados pelas empresas em que eles trabalham. E em terceiro, com 10%, ficaram os livros e eBooks.

A percepção dos trabalhadores brasileiros sobre os seus colegas que fazem aulas online para aprenderem novas competências é boa. 58% dos entrevistados disseram acreditar que os profissionais que fazem esse tipo de aula são mais qualificados que os outros. Além de ser algo bem visto pelos pares, estudar online pode atrair positivamente a atenção dos empregadores.

Outros dados interessantes do Relatório Global Lacuna de Habilidades 2019/2020:

91% dos profissionais brasileiros disseram já terem precisado adquirir novas habilidades para fazerem os seus trabalhos da melhor forma possível;
63% dos profissionais brasileiros disseram que deixariam os seus empregos se os empregadores não fornecessem os treinamentos necessários para ajudá-los a progredirem na carreira;
Para 53% dos entrevistados, é muito importante que os seus chefes e empregadores incentivem uma cultura de aprendizado constante na empresa em que trabalham.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/06/2021
São Paulo tem 1,3 mil vagas em curso gratuito para desenvolvedores Salesforce

10/05/2021
DPOs e analistas de compliance LGPD estão em alta no mercado de trabalho

07/05/2021
Empresa lança academia para dar oportuniddes de carreira em TI para pessoas com deficiência

06/05/2021
Bootcamps 2021 abre bolsa de estudos para mais de 30 cursos em TI

05/05/2021
Curso para cloud e IA com 1,2 mil vagas gratuitas encerra inscrição no dia 07

04/05/2021
OAT Solutions aposta em capacitação in company por assinatura

03/05/2021
Santander oferece 50 mil bolsas de estudo para capacitação em TI

30/04/2021
Paula Souza e Microsoft abrem inscrições para 1,2 mil vagas gratuitas em cursos de tecnologia

29/04/2021
Bootcamp oferece 15 mil bolsas de estudo para desenvolvedores de software

08/04/2021
Huawei quer formar 2000 profissionais técnicos em FTTH até o final do ano

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Redes Neurais darão bons programadores?

Por Francisco Camargo*

A pergunta que fica não é se a inteligência artificial vai substituir os programadores, mas quando isso acontecerá.Esse desenvolvimento terá profundo impacto na educação das crianças e no futuro dos seus empregos.

Destaques
Destaques

Contratações em TIC cresceram 300% no 1ºtri e ainda assim foram insuficientes

Entre janeiro e março foram abertas 52.743 novas vagas, frente as 59.193 criadas ao longo do ano passado, segundo a Brasscom.

TRT-2 valida demissão feita pelo WhatsApp

A 18ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou a demissão de uma educadora de ensino infantil justificando que a OTT se 'tornou um grande aliado, especialmente em 2020, como ferramenta de comunicação como qualquer outra'.

DPOs e analistas de compliance LGPD estão em alta no mercado de trabalho

Dezoito profissões do futuro do trabalho começam a ganhar corpo no Brasil, conforme a consultoria Robert Half.BI e CRM estão também em alta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site