Clicky

OPINIÃO

Marco Legal das Startups: ainda há muito por definir

Por Anna Luiza Pires e Albuquerque de Berredo
28/10/2020 ... Convergência Digital

O governo federal encaminhou no dia 19/10/2020 ao Congresso Nacional suas propostas para a criação do Marco Legal das Startups. As medidas propostas são oriundas das inúmeras articulações que ocorreram em 2018 entre ministérios da Economia e o da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em conjunto com a sociedade civil e Instituições públicas e privadas quando da elaboração da Consulta Pública referente ao tema. Tais propostas vão se juntar agora às medidas previstas no Projeto de Lei Complementar n° 146/2019 que já está em trâmite na Câmara dos Deputados.

Algumas questões importantes para o avanço deste tema ainda precisam de maiores definições, tais como a validação dos contratos de opções em participação de ações (stock options); equiparação tributária do investimento "anjo" (angels), e outras modalidades como Imposto de Renda reduzido; enquadramento de sociedades anônimas simplificadas no Simples Nacional; maiores incentivos fiscais para startups entre outros. 

 O principal objetivo que merece ser atendido de imediato para a sobrevivência deste mercado fundamental para desenvolvimento do País é debater a melhoria do ambiente de negócios do Brasil e facilitar os investimentos em startups. Para tanto se mostra irrenunciável, a adoção de por meio de medidas regulatórias que tragam incentivos e segurança jurídica, impulsionando, por fim, maior atratividade de investimentos em modelos disruptivos de negócios.

O Brasil precisa acompanhar a evolução mundial de apoio e incentivo ao desenvolvimento de empresas startups. São empresas que se diferenciam não só no potencial inovador, como também no potencial de impulsionar o crescimento da economia. Jurisdições como os Estados Unidos, Inglaterra, Cingapura, Portugal, para mencionar apenas alguns, já possuem mecanismos de incentivo, como por exemplo dedução dos investimentos no IRPJ e IRPF para investimentos em equity.Tanto as propostas do governo, como as disposições trazidas pelo Projeto de Lei Complementar 146/19 estabelecem, sem dúvidas, condições mais favoráveis ao desenvolvimento de startups brasileiras.

Destacam-se aqui algumas questões relevantes para incentivar este modelo de negócios que fomenta a inovação e o empreendedorismo, que são os pilares característicos das startups:

i) estabelecer a definição do que seria startup;

ii) aprimorar o ambiente de negócios com maior segurança jurídica para os investidores e simplificação da vida do empreendedor;

iii) simplificar as relações trabalhistas, e propiciar outras formas de contratos de trabalho e de remuneração;

iv) desburocratizar o processo de abertura e fechamento de startups;

v) criar novos incentivos fiscais e opção por regime tributário diferenciado;

vi) garantir novas formas de financiamentos; e

vii)  estabelecer tratamento diferenciado para a participação de startups em processos públicos de licitação.

 Serão muitos os desafios para implementação destas medidas que, sem dúvida, são fundamentais para o crescimento do empreendedorismo brasileiro. E as discussões de agora em diante no Congresso Nacional sob o tema serão de extrema relevância para o País, para que possamos avançar economicamente, criando um cenário de estímulo ao surgimento de mais empresas criativas, competitivas e Inovadoras! Simplificar agora garantirá um futuro inovador...

 Anna Luiza Pires e Albuquerque de Berredo – sócia na área de TMT do Catão & Tocantins Advogados




Carreira
Brasileiros admitem vazar dados em troca de benefícios pessoais

Pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa do Risco Comportamental (IPRC), em 24 empresas privadas do país, mostra que apenas 1/3 dos profissionais ouvidos têm  consciência de que o dado é um bem da organização. O restante admite não guardar sigilo das informações.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G