Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Questionada pela Vivo, Dataprev suspende pregão de telefonia e vai mexer no edital

Luís Osvaldo Grossmann ... 28/10/2020 ... Convergência Digital

A Dataprev suspendeu, pelo menos temporariamente, o pregão para contratar serviços de telefonia, com fornecimento de aparelhos celulares e modems em comodato, para atendimento em Brasília e no Rio de Janeiro. A compra é estimada em R$ 195,5 mil para um contrato de 24 meses. 

Como explicou a Dataprev a esta Convergência Digital, “o pregão foi suspenso para ajustes e adequações no Termo de Referência e para esclarecimentos às questões apresentadas pelas licitantes.  Após as adequações necessárias, o Pregão será republicado”.

Além dos serviços de telefonia em si, o edital prevê o fornecimento de 60 celulares e 10 modems em comodato. E adicionalmente indica a necessidade do fornecimento adicional de 10% desses equipamentos para caso de defeito ou extravio. 

Como demonstra o acompanhamento do pregão no portal Comprasnet, a Telefônica Vivo apresentou questionamentos relacionados aos aparelhos sobressalentes e apresentou como sugestão a redução para 2% do total – portanto, reduzindo os sobressalentes de 6 para apenas 1. A Dataprev respondeu que é muito pouco. 

“Na contratação atual e vigente que a Dataprev possui com outro fornecedor, existe a mesma cláusula, onde durante a gestão do serviço, tem sido de extrema importância a posse dos aparelhos de reserva técnica para a continuidade dos serviços aos usuários, devido as ocorrências de defeito ou extravio”, explicou a estatal. 


Plano do Ceitec é manter 105 empregados até leilão da estatal em setembro

Em audiências de conciliação no TRT-RS, trabalhadores defenderam a transferência, mas governo ainda resiste à proposta. Estatal em liquidação insistiu na demissão de 33 funcionários, suspensa pela Justiça.

ANPD define listas tríplices para vagas no Conselho Nacional de Proteção de Dados

Dos 122 indicados, Autoridade aprovou 39, de onde sairão os 13 escolhidos pelo presidente Jair Bolsonaro.  Brasscom, Federação Assespro, ConTIC e Feninfra estão entre os selecionados.

LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.

Estados e municípios vão ficar com US$ 1 bilhão do BID para digitalização

Ao Convergência Digital, o secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro, assegura: “Impacto na economia vai chegar a R$ 100 bilhões."



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G