Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Telebras: Justiça confirma legalidade do acordo com a Viasat por satélite

Ana Paula Lobo* ... 23/10/2020 ... Convergência Digital

Em fato relevante divulgado nesta sexta-feira, 23/10, a Telebras informa ao mercado que sentença proferida pelo Juízo da 5ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, do dia 21 de outubro, concluiu pela legalidade do contrato associativo celebrado pela Telebras com a norte-americana Viasat e julga totalmente improcedentes todos os pedidos formulados pelos autores, inclusive no que tange aos pleitos de anular a parceria com a Viasat e utilizar o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas -SGDC -para fornecimento de seus serviços. A ação foi impetrada pela Via Direta Telecomunicações Via Satélite e Internet Ltda –EPP e pela Rede de Rádio e Televisão Tiradentes Ltda.

A disputa entre as partes acontece há dois anos e meio, ou desde fevereiro de 2018. Em maio, o TCU julgou o contrato entre Telebras e Viasat lícito. No fato relevante desta sexta-feira, 23, a Telebras informa que cumpriu todas as determinações do TCU para ajustes no acordo, o que incluiu uma fatia menor à Viasat no compartilhamento de receitas do SGDC.

Após efetuada essa mudança, a Corte determinou o arquivamento do processo. A Procuradoria-Geral da República (PGR) também afirmou que a Via Direta não tinha legitimidade para contestar o acerto entre a estatal e a Viasat. As disputas judiciais atrasaram o cronograma e o serviço começou a ser vendido na prática apenas em julho, quando a Viasat formalizou a sua oferta de banda larga residencial via satélite.

*Com informações da CVM



Carreira
OAB aponta inconsistências e quer desobrigar sistema eletrônico de cálculos trabalhistas

Com objetivo de uniformizar os cálculos em ações trabalhistas, Justiça do Trabalho definiu que o PJe-Calc será única ferramenta aceita a partir de 2021, proibindo arquivos PDF ou HTML. Mas OAB alega problemas e pede adiamento. 

MPF recomenda que instituto cancele compra de MacBooks de R$ 12 mil e use PCs mais baratos

Instituto Federal de Educação do Rio Grande do Norte (IFRN) quer 20 notebooks da Apple para o setor administrativo, em custo superior a R$ 250 mil. MPF diz que licitação deve incluir outras marcas. 

Covid-19 aumentou o uso da internet nas classes C, D e E

Segundo a pesquisa TIC Covid-19, do Cetic.br, a pandemia aumentou o uso da rede em todas as classes e faixas etárias. O que já era hábito entre os mais ricos, passou a ser mais comum entre os mais pobres para compras e serviços.

Bemol quer Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para levar banda larga para quem não tem nem 3G

Varejista com atuação na região norte do País tem planos de expandir sua infraestrutura para mais cidades, mas conta com a frequência não licenciada, diz o gerente de TI, Jesaias Arruda.

Saúde pública padece de acesso à Internet e de segurança de dados

Processo de levar acesso à Internet para as Unidades Básicas de Saúde(UBS) não avança e apenas 23% delas disponibilizam agendamento de consultas pela Internet. Nas unidades privadas, o atendimento online está em 100% do segmento. Diferença é evidente na comparação do Norte e Nordeste com o Sul e Sudeste.

Escolas viram telecentros para quem não tem acesso à Internet

Maior parte dos usuários vai para fazer pesquisa escolar e digitar currículos ou outros documentos. Conexão à Internet melhorou, mas a maioria tem conexão entre 1 Mpbs até 5 Mbps.

MEC exige energia elétrica nas escolas para levar banda larga

Escolas precisam também estar  em área de cobertura terrestre ou via satélite, e ter mais de 14 matrículas em 2020. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G