Clicky

GESTÃO

Governo muda eSocial. Acesso, agora, será pelo CPF do trabalhador

Convergência Digital ... 22/10/2020 ... Convergência Digital

O Sistema Simplificado de Escrituração Digital de Obrigações Previdenciárias, Trabalhistas e Fiscais - eSocial foi simplificado pelo governo Bolsonaro. O anúncio foi feito em solenidade no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira, 22/10.

De acordo com o ministério da Economia,as mudanças feitas no leiaute simplificam o preenchimento e eliminam campos que tomavam tempo desnecessário para preenchimento. O formulário mais leve, informa a Economia, 'atende às procedentes reivindicações do setor produtivo do país, sem prejuízo da manutenção de informações importantes para a continuidade das políticas públicas de Trabalho e de Previdência.'

O CPF passará a ser o único número de identificação do trabalhador, dispensando a referência a outros números cadastrais, como, por exemplo, PIS e Pasep. Também foram excluídos os pedidos de informações que já constam nas bases do governo, como é o caso do número de RG e da CNH.

As regras de validação não impedem mais a transmissão de dados e os impedimentos foram substituídos por avisos, evitando a cobrança de multas por atraso na entrega de informações. As exigências que não estavam previstas em Lei também foram retiradas.

Uma parceira do eSocial com as juntas comerciais permitirá que seja possível registrar os empregados no momento da inscrição da empresa (sem necessidade de ingresso em novo login ou sistema).

*Com informações do Ministério da Economia


Carreira
Justiça do Trabalho promove mutirão para encerrar processos

Criado em 2011, esforço mira em ações já em fase de execução - em que os devedores não pagaram o que foi reconhecido em juízo. No ano passado, foram movimentados R$ 1,7 bilhão com o benefício para mais de 63 mil trabalhadores do país.

Compras públicas: Governo credencia 11 instituições para antecipação de valores de licitações

Secretaria de Gestão do Ministério da Economia está desenvolvendo a plataforma na qual fornecedores poderão tomar como crédito valores previstos em contratos com o governo federal. 

Marcelo Fontenele substitui Arthur Sabbat na área de Segurança do GSI

A nomeação do coronel Marcelo Fontenele, que é doutor em Cibernética e atuava como Assessor Militar no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, foi publicada no Diário Oficial da União. Coronel Arthur Sabbat, agora, é diretor da Autoridade de Dados.

Governo busca interesse dos órgãos federais em postos para carros elétricos

Acordo entre o governo federal e o governo do Distrito Federal já prevê a instalação de seis ‘eletropostos’, mas demanda pode aumentar esse número.

Governo chega à marca de 1 mil serviços públicos digitalizados

Desempenho mantém em curso a meta de digitalização total de 3,8 mil serviços até 2022. 




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G