Home - Convergência Digital

BriviaDez lança programa gratuito de formação para cientista de dados

Convergência Digital - 22/10/2020

A BriviaDez criou um programa de formação gratuito para cientista de dados, uma das carreiras mais procuradas em TI. A iniciativa foi batizada de Data Training Program. Os participantes que obtiverem as melhores avaliações terão a oportunidade de seguir na agência — que, recentemente, abriu 60 vagas e pretende crescer 60% mesmo em ano de pandemia.

"O currículo das universidades ainda não está alinhado a essa nova demanda. Fomos percebendo que as pessoas não têm noção sobre o que é essa área, nem a enxergavam como uma carreira viável. Queremos mostrar que essa é uma profissão com muitas oportunidades, que remunera bem, está em alta e vai se tornar ainda mais relevante nos próximos anos", explica Wagner Cambruzzi, head of Data Intelligence da BriviaDez.

As inscrições já estão abertas e são feitas online. A ideia é capacitar, nesse ciclo, até 15 pessoas em data science — expertise cada vez mais decisiva para empresas, que envolve a análise de dados para tomada de decisões assertivas. Criada como piloto, a primeira etapa do programa encerrou em maio e teve cinco formados, dos quais três já foram contratados pela própria agência de estratégia, experiência e comunicação. A cada ano, no mínimo 40 profissionais devem ser capacitados.

"Já existia uma demanda gigantesca e crescente pela área de dados no pré-pandemia, com escassez de talentos disponíveis no mercado. Com a aceleração da transformação digital, motivada pela pandemia, essa carência se acentuou ainda mais. As empresas se deram conta de que é preciso automatizar os processos, até por uma questão de sobrevivência. Esse é um legado que será deixado pela crise que atravessamos", aponta Cambruzzi.

Nomadismo e requisitos

Conhecida pela cultura nômade, com colaboradores trabalhando remotamente de diversos lugares do país e até do mundo, a BriviaDez também não impõe restrições geográficas para os participantes do programa. Com origem no Rio Grande do Sul, a agência possui seis sedes no Brasil e, no ano passado, inaugurou sua primeira unidade no exterior: Portugal. A abertura de escritórios na América Latina e nos Estados Unidos está nos planos para os próximos anos.

"Quando contratamos alguém, não concorremos com empresas de São Paulo ou Rio de Janeiro. Dependendo da vaga, disputamos talentos com o mundo inteiro. Muitas vezes, um cientista de dados qualificado trabalha remotamente de qualquer lugar do planeta. E essa liberdade, desde que condicionada a resultados, vai se intensificar ainda mais na próxima década", afirma o head of Data Intelligence.

Com duração de 90 dias e enfoque prático, o Data Training Program é voltado a jovens estudantes da área de exatas. Não é exigida experiência profissional, mas os interessados devem estar estudando um curso técnico ou graduação. A tutoria é toda realizada pelos especialistas da Área de Dados da BriviaDez, onde os participantes poderão atuar após o término da formação.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/11/2020
Academia de talentos abre vagas para negros, mulheres, LGBTI+ e pessoas com deficiência

25/11/2020
Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

16/11/2020
Escola do Trabalhador 4.0 sai do papel em março de 2021

13/11/2020
Escola de TI e Inovação oferece imersão gratuita em cloud e cibersegurança

11/11/2020
Grupo Boticário oferece 130 vagas para formação gratuita em desenvolvimento

10/11/2020
Entidades se unem para capacitar estudantes na área de TICs

06/11/2020
IGTI abre inscrições para cursos de tecnologia com preço subsidiado

05/11/2020
everis cria academia nacional de talentos com 15 mil vagas gratuitas

30/10/2020
Mais da metade dos brasileiros quer aprender programação e análise de dados

23/10/2020
Salários em alta na TI. Cientista de dados pode chegar a R$ 26 mil

Diversidade e Ciência de Dados: um desafio ao Brasil

Mais mulheres precisam ocupar carreiras em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática pelo bem do País, incentiva a embaixadora da Women in Data Science da USP (WiDS @USP), Renata Sousa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Teletrabalho: sem regulamentação, sem direitos, sem deveres, sem regras

Depois da nota técnica do MPT alertando para o direito à desconexão, Congresso tenta acelerar a votação dos PLs que tratam do tema, entre eles o PL 3915/20. O tema é complexo. IN 65, do governo federal, repassa os custos com tecnologia para os servidores no home office.

Ministério Público: Teletrabalho exige direito à desconexão

Ministério Público do Trabalho elaborou uma nota técnica direcionada para as “empresas, sindicatos e órgãos da administração pública”.  Na orientação, sugere a adoção de etiqueta digital para orientação de patrões e empregados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site