Clicky

Punição por punição enclausura a Anatel e não produz resultado

Ana Paula Lobo ... 20/10/2020 ... Convergência Digital

Punir por punir enclausurou a Anatel e não trouxe os resultados esperados para o setor de telecomunicações, afirmou o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, ao participar nesta terça-feira, 20/10, do Facebook Connectivity. O presidente da agência saiu em defesa da simplificação regulatória - que troca multas financeiras por obrigações por fazer.

Euler contou que a ação ainda não é bem compreendida pelas empresas, uma vez que muitas - sem citar nomes-  ainda preferem judicializar o processo. Mas assegura que o movimento, que faz parte da simplificação regulatória, não tem mais volta.

No caso da obrigação por fazer, a TIM é a primeira a cumprir ao trocar uma multa de R$ 650 milhões por levar conexão para localidades no Norte e no Nordeste, que não tinham conectividade.Mas Vivo e Claro já foram punidas e ainda não assinaram o acerto de trocar multa por obrigação por fazer.

A Anatel, contou ainda o presidente da agência, revogou 206 resoluções no processo de desregulamentação, o que foi chamado de 'guilhotina regulatória'. Mas ainda há por fazer. " Tenho um saldo negativo de 180 no meu estoque para mudar", sinalizou.

O presidente da Anatel disse que as mudanças estão vindo e citou, entre elas, as cobranças de SVA e a possibilidade do atacado para espectro. Euler considera que a oportunidade está "aberta" para o mercado secundário, ainda que a revisão da Regulamentação de Uso de Espectro (RUE) não tenha sido concluída.

O presidente da Anatel, ao tratar da conectividade, voltou a repetir: sem infraestrutura de telecomunicações, não há conectividade digital. E ressaltou que 85% da população está concentrada em pouco mais de 1% do território nacional e é preciso levar a conexão para quem está fora desse eixo. Para Morais, a questão não é massificar, mas, sim, universalizar, de verdade, os serviços digitais, o que exige uma cooperação de todo o ecossistema.


Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Minicom prorroga consulta sobre mudanças na Lei da TV paga

Prazo para contribuições, que terminaria em 25/6, foi esticado até 4 de julho. Sugestões vão subsidiar grupo de trabalho que estuda proposta de alteração nas regras da TV por assinatura.

À espera da venda para TIM, Claro e Vivo, Oi Móvel emite R$ 2 bilhões em debêntures

Em fato relevante, a operadora informou que as debêntures serão subscritas e integralizadas por fundo de investimento gerido por subsidiária do Banco BTG Pactual S.A. Operação segue em análise no CADE e na Anatel.

Red Hat: para ser cloud nativa, uma tele precisa mais do que transformação digital, precisa de nova cultura

Mudar a mentalidade é essencial para que uma operadora de telecomunicações transforme seus negócios e suas redes, afirma Livio Tulio Silva, da Red Hat.

Cade aprova venda do controle da empresa de fibra da TIM para IHS

Operadora vai receber R$ 1 bilhão e pretende usar o dinheiro para pagar a fatia com a qual vai ficar a partir da compra da Oi Móvel.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G