Clicky

SEGURANÇA

Banco Central: Segurança cibernética não pode sacrificar a inovação

Convergência Digital ... 06/10/2020 ... Convergência Digital

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que a função da autarquia num ambiente de inovação e digitalização dos serviços financeiros é garantir segurança cibernética sem sacrificar a experiência dos usuários.

A declaração foi dada em vídeo gravado em 23 de setembro e exibido nesta terça-feira, 6/10, em evento sobre fintechs, bancos digitais e meios de pagamento promovido pela Focaccia Amaral Lamonica (FAS) Advogados. Campos Neto disse que o surgimento de novas tecnologias irá trazer cada vez mais novos desafios para organização dos negócios e para a regulação do setor financeiro.

Ainda segundo o presidente do BC, a autoridade monetária não é contra inovações financeiras de empresas de tecnologia. "O que está acontecendo com o WhatsApp Pay, com o Google Pay, e outras plataformas é muito saudável. Queremos que venham para o Brasil. O WhatsApp deve começar a operar a primeira parte, que é o P2P [transferências], em breve. Queremos que o Google também venha e que o PayPal faça mais negócios no país. Nosso interesse não é frear nenhum movimento, é fazer com que tenha competição.”

Na véspera, primeiro dia de cadastro das chaves Pix, foram realizados mais de 3,5 milhões cadastramentos, que acontecem por meio de aplicativos de bancos, fintechs ou instituições de pagamento. O lançamento efetivo está marcado para 16 de novembro. Ao todo, 650 instituições estão aptas a participar. 

* Com informações da Reuters e do BCB


Oi Soluções cria serviço para evitar ciberataques

Solução identifica, detecta e gerencia falhas e brechas em sites e aplicações de forma pró-ativa. Aplicação permite conformidade à LGPD.

Uber faz piloto de gravação de vídeo em Aracaju

Video permanecerá criptografada no celular e apenas a empresa terá acesso às imagens. O motorista não tem como ver a gravação.

ANPD divulga tira-dúvidas sobre Conselho e cria canal de comunicação

Órgão esclarece ser ampla a definição das organizações que compõem o colégio eleitoral de seu braço multissetorial e divulga email para questões sobre o Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade. 

Procon/SP quer inquérito judicial contra fuivazado.com.br

O site fuivazado.com.br alega ter acesso a mais de 223 milhões de CPFs e 40 milhões de CNPJs registrados em listas ilegais de Internet.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G