Home - Convergência Digital

EUA recorrem da decisão judicial que suspendeu bloqueio do WeChat

Convergência Digital* - 02/10/2020

O governo dos Estados Unidos apresentou nesta sexta, 2/10, recurso contra a decisão judicial, datada de 20 de setembro, que impediu o bloqueio ao aplicativo de mensagens e comércio eletrônico WeChat. 

O governo federal pediu ao Tribunal de Apelações do Nono Circuito para revisar a decisão da magistrada dos EUA Laurel Beeler em favor de um grupo de usuários do WeChat, que alegou que a proibição viola as proteções à liberdade de expressão.

“Certamente o interesse geral do governo pela segurança nacional é significativo. Mas embora o governo tenha estabelecido que as atividades da China levantam preocupações de segurança nacional significativas, apresentou escassas evidências de que o banimento efetivo do WeChat para todos os usuários dos EUA resolve essas preocupações ”, apontou a juíza ao conceder a liminar. 

Há cinco dias, também uma decisão judicial atendeu parcialmente o pedido da TikTok, outro aplicativo chinês na mira do governo dos EUA, e concedeu liminar contra a ordem do governo do país que proibia novos downloads do app pelas lojas online da Google e da Apple, poucas horas antes de a determinação entrar em vigor. 

Representantes do Departamento de Justiça dos EUA sustentam que a decisão da juíza Beeler permite o uso contínuo e irrestrito do WeChat, um aplicativo que o entendeu como uma ameaça à segurança nacional e à política externa dos Estados Unidos”.

O WeChat teve uma média de 19 milhões de usuários ativos diários nos Estados Unidos, disse a empresa de análise Apptopia no início de agosto. É popular entre estudantes chineses, americanos que vivem na China e alguns americanos que têm relacionamentos pessoais ou de negócios na China.

* Com informações do Wall Street Journal

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/10/2020
Bradesco vai pagar R$ 23,8 milhões ao CADE por bloqueio a fintechs em aplicativo

02/10/2020
EUA recorrem da decisão judicial que suspendeu bloqueio do WeChat

29/09/2020
Instagram passa Facebook Messenger e está em 81% dos celulares no Brasil

22/09/2020
Governo quer economizar R$ 27 milhões com atestado médico pela Internet

16/09/2020
Claro vende acesso ao aplicativo do Hospital Albert Einstein por R$ 49,90 por mês

07/08/2020
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

05/08/2020
Infobip e GSMA para oferecer proteção à identidade digital

05/08/2020
Itaú abriu cerca de 1 milhão de contas pelo app no 1º semestre

03/08/2020
"TikTok é vítima inocente da loucura da política e da geopolítica"

31/07/2020
Trump 'ordena' a venda do TikTok. Microsoft aparece como interessada

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site