Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Governo fecha com Serpro para cruzamento de dados. Dataprev é a próxima

Luís Osvaldo Grossmann ... 25/09/2020 ... Convergência Digital

A Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia vai centralizar os contratos dos órgãos federais com o Serpro para o cruzamento de bases de dados hospedadas pela estatal. O contrato, de R$ 5,2 milhões por dois anos, firmado na quinta, 24/9, também prevê o desenvolvimento de APIs que possibilitem a automação da busca de informações em diferentes cadastros. A seguir, o mesmo será feito com a Dataprev. 

“Esse é um dos eixos da Estratégia de Governo Digital, em linha para cumprir o que já é previsto em Lei, a regra de que o cidadão não precisa reapresentar a nenhum órgão público um documento que já tenha sido entregue a qualquer outro órgão, apelidada de ‘apenas uma vez’”, explica o coordenador geral de plataformas de dados e informações da SGD, Renan Gaya.

A ideia é que esse acordo custeie a infraestrutura necessária para que os órgãos acessem informações em sistemas hospedadas no Serpro – por exemplo, dados da Receita Federal – por meio de adesão a esse contrato, sem necessidade de que cada ente público faça acertos em separado com a estatal de TI. “A escala também nos permitiu conseguir um preço mais em conta”, emenda a coordenadora substituta, Márcia Cardador. O valor da consulta ao banco de dados chegou a ficar seis vezes menor, a depender do caso. 

A Estratégia de Governo Digital 2020-2022 tem entre as metas promover a integração e a interoperabilidade das bases de dados governamentais e prevê inclusive prazos para isso. Ainda em 2020 deve ser estabelecido o barramento de interoperabilidade dos sistemas do governo federal “de forma a garantir que pessoas, organizações e sistemas computacionais compartilhem os dados”.

Depois disso, os órgãos e as entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional terão até 30 de junho de 2021 para adotar o barramento. Com isso, até 2022 a interoperabilidade deve viabilizar, no mínimo, 900 serviços públicos com preenchimento automático de informações, a partir do estabelecimento de 15 cadastros base de referência até lá. 

“Os primeiros 100 serviços já começam a ser interligados ao Cadastro Base. Em algumas áreas, esse processo até foi acelerado, como no caso de serviços de saúde relacionados ao combate à Covid-19. Entre fevereiro e agosto conseguimos a adesão de 27 órgãos ao Cadastro, que também funciona de forma centralizada. E já analisamos 800 serviços para entender quais as informações que precisam ser interoperáveis”, completa Renan Gaya, coordenador-geral de plataformas de dados e informações,


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Consumidor.gov.br: serviço público ao cidadão na Internet é um dos cases do 5x5 TecSummit

Com mais de 2 milhões de usuários ativos e 850 empresas cadastradas, o portal Consumidor.gov.br projeta a integração com as agências reguladoras. O coordenador geral substituto, Cristiano Mendes Rodrigues, é convidado do 5x5 TecSummit, e vai falar no dia 07 de dezembro.

Depois do BB, Banrisul é segundo banco a aderir ao login único do governo federal

Adesão viabiliza que os 4 milhões de clientes do banco gaúcho usem o mesmo login e senha que já utilizam na instituição financeira para acessar serviços públicos no portal Gov.br.

PF envolve Ceitec em suspeita de propina um dia depois de TCU receber documentos contra fechamento

Operação investiga superfaturamento em compras por dispensa de licitação. Servidores defendem investigação, mas apontam coincidência com denúncias de irregularidades na desestatização. 

Estratégia 2020-2031 busca direcionar Brasil para economia baseada em dados

Decreto 10.531/20, com “visão de longo prazo” para orientar agentes governamentais prevê fomento a big data, analytics e inteligência artificial. 

Por dados, OCDE recomenda cautela na privatização de Serpro e Dataprev

Ao analisar os projetos brasileiros de transformação digital, entidade aponta que “o Governo Federal deveria dedicar uma atenção maior à avaliação dos impactos à proteção de dados decorrentes da privatização”.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G