Clicky

SEGURANÇA

Zoom é isca em 99% dos ataques com ferramentas de ensino online

Convergência Digital ... 10/09/2020 ... Convergência Digital

As plataformas de educação online entraram na mira dos cibercriminosos durante a pandemia e os brasileiros estão entre as principais vítimas. Um novo levantamento da empresa de cibersegurança Kaspersky revela que ao longo do primeiro semestre de 2020, o Brasil foi o quinto país mais atacado por malware disfarçados de aplicativos de conferência ou de ensino. 

De acordo com o relatório, intitulado " Educação Digital: os ciber-riscos das salas de aulas online", o número de usuários que encontrou esse tipo de ameaça, no mundo, foi 20.000% maior em comparação ao mesmo período de 2019. 

A publicação atribui a explosão dos ataques disfarçados de plataformas de ensino à popularidade do Zoom. O app de conferências, amplamente usado para ministrar aulas durante a pandemia, foi usado como isca em mais de 99% das ameaças detectadas. Em 2019, a ferramenta havia sido usada em apenas 14% dos ataques dessa categoria no primeiro semestre daquele ano. 

Em segundo lugar, aparece o Moodle. Apesar do aumento dos malware disfarçados da plataforma de ensino a distância (672, em 2020; contra 497, em 2019), o Moodle representou cerca de 0,4% das ameaças dessa modalidade no primeiro semestre deste ano. Já no mesmo período de 2019, era usado como isca em 60% dos ataques. 

O relatório mostra ainda que, dos malware detectados, pouco mais de 90% foram riskware - arquivos que, uma vez instalados nos dispositivos, permitem aos cibercriminosos executar ações sem o consentimento do usuário. Outros 7% foram de adware, enquanto cerca de 1% foi de trojans. 


Justiça do Rio derruba liminar de 2017 que exigia biometria em estádios

Para a 5ª Câmara Cível do TJRJ, não existe norma jurídica que expressamente imponha aos clubes, às federações e às confederações o dever de instalar nos estádios sistema de biometria para controle de acesso.

Abranet: Uma startup vira pó se tiver um vazamento de dados

A segurança e a proteção dos dados é preocupação zero para as empresas nascentes porque quem tiver uma falha, vai desaparecer, advertiu o presidente da Abranet, Eduardo Neger. Segundo ele, credibilidade implica sucesso ou o fracasso no negócio na Internet.

Leis nacionais não garantem segurança a uma rede transnacional como a internet

“Historicamente, a internet não nasceu preocupada com segurança. São adições que estão sendo feitas em voo, como DNSSEC e HTTPS”, diz o presidente do NIC.br, Demi Getschko.

Apenas 32% das empresas brasileiras têm área própria voltada para cibersegurança

Cibersegurança é considerada muito importante para mais de 80% das empresas, mas não é uma prioridade no orçamento para 39%, conforme mostra o Barômetro da Segurança Digital, realizado pela Mastercard. A boa nova é que a maioria enxerga positivamente o impacto da LGPD.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G