Home - Convergência Digital

São Paulo tem 25 mil bolsas para formar programadores de games

Convergência Digital - 25/08/2020

Uma parceria firmada entre a Digital Innovation One e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo abriu 25 mil bolsas de estudo gratuitas para um bootcamp (programa de treinamento) destinado à área de programação de games. A iniciativa tem o objetivo de qualificar novos talentos para o mercado de trabalho, que hoje estudam na rede estadual de ensino. As inscrições podem ser feitas neste link.

As vagas foram abertas por meio do programa Novotec, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação e o Centro Paula Souza, que oferece capacitação gratuita aos estudantes do Ensino Médio das escolas estaduais paulistas. As aulas também estão disponíveis aos ex-alunos com até dois anos de formação. A ideia é proporcionar a primeira experiência do jovem com o mercado de trabalho e orientá-lo sobre técnicas e projeções de carreiras por meio de mentores profissionais.

"Essa é mais uma parceria do programa Novotec para oferecer alternativas de qualificação profissional aos estudantes do ensino médio em um contexto tão adverso quanto o que vivemos hoje", disse Daniel Barros, coordenador de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo. "A Digital Innovation One tem sido parceira de primeira hora nessas iniciativas, com conteúdos instigantes e relevantes para o mercado de trabalho, seja para o público de jovens ou de adultos", completou.

Ao longo das 100 horas de duração do bootcamp, os alunos serão capacitados através de projetos práticos de mercado e desafios de código, para poderem atuar como desenvolvedores de software front-end. Ou seja, terão conhecimentos para serem criadores de sites e páginas on-line que utilizam tecnologias bases da web, como código HTML, CSS e JavaScript.

Ao final desse programa de treinamento, todos os participantes que concluírem as aulas receberão um certificado. Os alunos que mais se destacarem ficarão disponíveis na plataforma para potenciais convites de entrevistas de emprego disponibilizadas pelas empresas parceiras da startup. Entre elas estão o Grupo Carrefour (rede varejista e banco do grupo), GFT, Impulso, ART IT e ZarpSystem, e também empresas integrantes do ecossistema Meu Futuro Digital, que também apoia a iniciativa. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/02/2021
Laboratória abre inscrições para bootcamp de programação exclusiva para mulheres

29/01/2021
Empresas fora da área de TI se unem e oferecem 100 mil bolsas gratuitas para formação de desenvolvedores

14/01/2021
SENAC e empresas de TI se unem e formulam curso de programação Full-Stack

05/01/2021
Accenture e Gama Academy abrem 60 vagas para capacitação de programadores

24/11/2020
paySmart-Elo promovem maratona de desenvolvimento

04/11/2020
Fusão de startups nacionais cria maior comunidade de Devs da América Latina

02/10/2020
edTech nacional cria escola para formar programadores Web

21/09/2020
Julia, R e Scala: as linguagens de programação para ciência de dados

17/09/2020
Stefanini promove Maratona de Desenvolvimento 2020

11/09/2020
Procura por programador chegou a crescer 157% no Brasil por conta da Covid-19

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Muito além do modismo. Muito prazer, Python!

Por Guilherme Lima*

Além de aumentar a produtividade do desenvolvedor, muitas vezes, a linguagem Python vai além de linguagens compiladas ou estaticamente tipadas, como C, C ++ e Java. É importante lembrar que o código Python tem, normalmente, de um terço a um quinto do tamanho do código C ++ ou Java, por exemplo. Isso significa que há menos para digitar, depurar e menos para manter após o fato.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site