Clicky

Convergência Digital - Home

Dona da Highline reforça atuação em data center no Brasil

Convergência Digital
Convergência Digital* - 14/08/2020

Compradora dos ativos do UOL Diveo, a Scala Data Centers, do fundo norte-americano Digital Colony, também dono da Highline, interessada na Oi Móvel e na Oi torres, reforçou seu time de executivos para avançar no mercado nacional de data centers. Eles são liderados por Marcos Peigo, ex-IBM e ex-UOL Diveo.

Foram contratados: Luciano Fialho, graduado em Direito pela UFMG, mestrado em Finanças e Negócios pelo MIT e doutorado em Lei e Economia pela USP, chega ao time da Scala Data Centers como Vice-Presidente Corporativo, somando mais de 20 anos de experiência nas áreas de M&A, Finanças, Legal e Governança; Caio Matias, graduado em Administração pela PUC-SP, MBA em Gestão Financeira pela FGV, chega ao time da Scala Data Centers como Diretor Financeiro & Administrativo, trazendo mais de 20 anos de experiência nas áreas de Finanças, Planejamento Financeiro e Controladoria com passagens por empresas como IBM, UOL Diveo e Solvo.

Eugênio Cruz, graduado em Engenharia de Segurança pelo Mackenzie e MBA em Gestão de Negócios pela FIA é o nosso Diretor de Engenharia e Operações. Com 24 anos de experiência em missão crítica de Facilities, Data Centers e Telecom passou por empresas como UOL Diveo e Laboratórios Stiefel, Leandro Sulinscki, graduado em Administração e Análise de Sistemas pela PUC-Campinas e MBA em Administração pela ESAMC, chega ao time da Scala Data Centers como Diretor de Gente & Gestão, acumulando mais de 20 anos de experiência adquirida em empresas como SBT, AT&T, Claro, Solvo e UOL Diveo.¬

Christiana Weisshuhn, graduada em Engenharia de Produção Elétrica pela PUC-RJ, chega ao time da Scala Data Centers como Gerente Executiva de Estratégia & Marketing, trazendo 23 anos de experiência na Accenture, onde construiu sua carreira e Cleber Braz, MBA em Administração e Gestão Empresarial pela FGV e com quase 20 anos de experiência em gestão de serviços e vendas em empresas como IBM e UOL, chega à Scala Data Centers como Diretor de Negócios, responsável pelas áreas de arquitetura, produtos, vendas e customer service.

No final de maio, a Scala Data Center anunciou o SP3, data center que terá capacidade instalada superior a 50 MW e certificação única na América Latina, a ANSI/TIA-942-B rated 3. A inauguração está prevista para janeiro de 2021 e já conta com cliente à espera. A empresa soma cerca de 280 clientes, sendo o grupo UOL um deles, além de provedores de nuvem e empresas de comércio eletrônico.


LEIA TAMBÉM:
Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Brasil investe muito pouco em Inteligência Artificial

O aporte previsto no País é de R$ 70 milhões, muito abaixo, por exemplo do que está sendo feito em países como China, Coreia e Espanha, lamentou o consultor de IA, Eduardo Prado, ao participar do 5x5 TecSummit. Ele advertiu que a transformação digital não acontecerá sem que se mexa nas cabeças das pessoas.

AWS: Nuvem reduz custos em 61% e aumenta eficiência da TI em 74%

O diretor geral da AWS Brasil, Cleber Morais, enfatiza que 2020 foi o ano da disparada na transformação digital e destaca que as instituições financeiras da América Latina estão investindo 76% acima do ano passado em IaaS, PaaS e SaaS. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O desafio de administrar toda a rede a partir da nuvem

Por Ed Solis*

De acordo com a consultoria Omdia, o mercado de redes gerenciadas em nuvem cresce a uma taxa anual composta de 28,7%, com receitas de equipamentos previstas em US$ 5,5 bilhões

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site