Home - Convergência Digital

EUA banem empresas que usam produtos da Huawei das compras governamentais

Convergência Digital* - 13/08/2020

O Governo dos Estados Unidos etá, oficialmente, proibido de comprar bens ou serviços de qualquer empresa que adote equipamentos de cinco empresas chinesas, entre elas, Huawei, Hikvision e Dahua. A proibição vem das novas regulamentações que entraram em vigor nesta quinta-feira, 13/08.

A questão é bem polêmica, mas a subsecretária de defesa para aquisição e manutenção, Ellen Lord, disse que o Departamento de Defesea 'apoia totalmente' as mudanças, apesar de reconhecer os desafios repassados à indústria. Um dos segmentos mais afetados é o da vigilância, uma vez que os equipamentos mais vendidos nos Estados Unidos usam componentes chineses.

A regulamentação em vigência impede  qualquer empresa que use equipamentos ou serviços dessas cinco empresas nas suas operações cotidianas de vender para o Governo dos Estados Unidos, salvo com a obtenção de uma autorização especial. Dados do Government Accountability Office evelam que o governo norte-americano gasta, anualmente, algo em torno de US$ 500 bilhões em contratos.

Mas a medida já está sendo contstada pelo Conselho da Indústria de Tecnologia da Informação (ITI). A entidade lembra que os regulamentos da nova lei foram publicados há apenas um mês. "Os contratantes podem não ser capazes de cumprir os objetivos por falta de tempo para implementar os requisitos exigidos", ponderou a entidade.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

30/09/2020
Em segundo dia de leilão, 5G na França ultrapassa R$ 17 bilhões

30/09/2020
São Martinho elege Ericsson para projeto de conexão 5G

29/09/2020
NXP fabrica chip alternativo para 5G nos EUA

29/09/2020
Para TIM, migração para banda Ku vai atrasar ainda mais 5G

29/09/2020
TIM: OpenRAN é caminho para Brasil sair do atraso no 5G

29/09/2020
Leilão 5G é prioridade do Ministério da Economia

28/09/2020
Microsoft entra no 5G para brigar com Nokia e Ericsson

25/09/2020
OpenRAN aberta: o xeque-mate do xadrez geopolítico do 5G

24/09/2020
Com 114 redes ativadas, 5G já tem 138 milhões de acessos no mundo

23/09/2020
Huawei diz ter estoque suficiente para atender demanda nacional

Destaques
Destaques

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site