Home - Convergência Digital

Instituto tem mais de 10 mil bolsas em bootcamps para formar profissionais de TI em dois meses

Convergência Digital* - 06/08/2020

Após o sucesso das últimas edições, que contaram com mais de 20 mil participantes, o IGTI, instituição de ensino superior a distância nas áreas de tecnologia e inovação, anuncia a abertura da terceira edição do seu Programa de Bootcamps com formações como cientista de dados, analista de cybersecurity, arquiteto cloud computing e muito mais. Ao todo, serão 500 vagas para cada um dos 22 cursos que estarão com inscrições abertas até o dia 4 de setembro.

"O mercado de tecnologia tem ganhado cada vez mais relevância, mas ao mesmo tempo sofre com a escassez de mão de obra qualificada e queremos mudar esse cenário. Nossos bootcamps estão alinhados ao nosso propósito de formar mais profissionais em carreiras de base tecnológica, de forma muito acessível. Para se ter uma ideia, para esta edição estamos prevendo atingir a marca de 50 mil candidatos às bolsas", avalia Vinícius Bozzi, CEO do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação.

Com encontros semanais que abordam práticas do cotidiano e promovem desafios para que o estudante se prepare para o mercado de trabalho, os bootcamps mantêm a metodologia já reconhecida e conceituada do IGTI, que inclui uma abordagem imersiva, prática e interativa nas salas de aula online. "Apostamos em um formato hands on para que o aluno saia preparado com habilidades técnicas muito mais rápido do que no ensino tradicional e, com isso, possa atuar imediatamente no mercado de trabalho", explica Bozzi.

Os cursos terão duração de dois meses e carga horária de 148 horas, oferecidas 100% online. Com uma abordagem prática e intensiva, o programa permite uma rápida capacitação nas principais tecnologias abordadas no mercado. Para participar é necessário ser maior de 18 anos e obter qualificação em uma prova online de lógica e fundamentos de programação. Além disso, todo o bootcamp é subsidiado pelo IGTI para o aluno, que por sua vez arca com uma pequena taxa de matrícula, no valor de R$100. As vagas serão preenchidas pelos candidatos aprovados na prova qualificatória, por ordem de matrícula.

Além das formações já conhecidas nas edições anteriores, agora os interessados em participar do programa podem se aperfeiçoar para atuar no mercado como: analista de processo de negócios; agile expert; líderl de transformação digital; engenheiro de dados; desenvolvedor front-end; arquiteto de software; engenheiro de software; educador digital; analista de marketing digital e administrador Linux.

Serviço:
4º Programa de Bootcamps do IGTI
Inscrições: Até 4 de setembro
Link do site: http://www.igti.com.br/custom/bootcamps-gratuitos/
Início dos cursos: 10 de setembro
Áreas de capacitação: Ao todo são 22 dois cursos nas seguintes áreas: Programador de Software para Iniciantes, Desenvolvedor Phyton, Desenvolvedor Full Stack, Desenvolvedor de Business Intelligence, Desenvolvedor Mobile Apps, Profissional Devops, Arquiteto de Cloud Computing, Analista de Machine Learning, Cientista de Dados, Analista de Banco de Dados, UX Designer, Analista de Cybersecurity, Analista de processo de negócios, Agile Expert Profissional de transformação digital; Engenheiro de dados, Desenvolvedor Front-End, Arquiteto de software; Engenheiro de software, Educador Digital Analista de Marketing Digital e Administrador Linux.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/01/2021
Multinacional de TIC oferece 5 mil bolsas de estudos em cursos de programação

15/01/2021
TIVIT vai formar 20 desenvolvedores em programa de Jovem Aprendiz

18/12/2020
XP vai abrir 176 vagas para engenheiros de software

14/12/2020
Grupo irlandês lança escola de tecnologia e oferece 100 bolsas no Brasil

07/12/2020
Apple e Centro Universitário Senac capacitam alunos no desenvolvimento de aplicativos

01/12/2020
Digital House oferece 400 bolsas de estudos

26/11/2020
Academia de talentos abre vagas para negros, mulheres, LGBTI+ e pessoas com deficiência

25/11/2020
Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

16/11/2020
Escola do Trabalhador 4.0 sai do papel em março de 2021

13/11/2020
Escola de TI e Inovação oferece imersão gratuita em cloud e cibersegurança

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site