Home - Convergência Digital

Trump 'ordena' a venda do TikTok. Microsoft aparece como interessada

Convergência Digital* - 31/07/2020

Mais um capítulo da guerra fria dos Estados Unidos com a China. O presidente Donald Trump 'recomendou' à gigante chinesa ByteDance que venda o aplicativo Tik Tok, o mais popular hoje nos Estados Unidos, para que ele não venha ser proibido pelo governo sob a alegação de comprometimento de dados pessoais dos usuários. A Microsoft seria a empresa interessada em ficar com o aplicativo, segundo rumores no mercado dos EUA.

A ByteDance tem sede em Pequim, mas se tornou uma empresa global por conta do sucesso do aplicativo. A dona do Tik Tok é mais uma empresa atingida em cheio pela guerra fria entre EUA e China.

Na semana passada, o Comitê de Segurança Interna e Assuntos Governamentais do Senado dos EUA aprovou por unanimidade um projeto de lei que impede os funcionários federais do país de usarem o Tik Tok em dispositivos do governo. O projeto será retomado pelo Senado para votação. A Câmara dos Deputados já aprovou uma medida semelhante. Os valores a serem investidos na aquisição não foram revelados, nem se o governo dos Estados Unidos 'subsidiaria' a compra da Microsoft.

A ação de Trump contra o TikTok tem apoio de gigantes do País, entre eles, o Facebook. O CEO e fundador da rede social, Mark Zuckerberg, tem atacado abertamente o app chinês, que tem roubado usuários dos seus produtos. Em contragolpe, o CEO do TikTok, Kevin Mayer, anunciou que abrirá os algoritmos do aplicativo para a análise de outros, e cutucou os concorrentes americanos a fazerem o mesmo.

O TikTok é uma rede social em que os usuários gravam, editam e compartilham vídeos curtos em seus perfis. É especialmente popular entre os jovens, e já acumulou mais de 2 bilhões de downloads desde que foi lançada, no final de 2016 – foram 315 milhões apenas nos três primeiros meses de 2020.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/09/2020
Governo quer economizar R$ 27 milhões com atestado médico pela Internet

16/09/2020
Claro vende acesso ao aplicativo do Hospital Albert Einstein por R$ 49,90 por mês

07/08/2020
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

05/08/2020
Infobip e GSMA para oferecer proteção à identidade digital

05/08/2020
Itaú abriu cerca de 1 milhão de contas pelo app no 1º semestre

03/08/2020
"TikTok é vítima inocente da loucura da política e da geopolítica"

31/07/2020
Trump 'ordena' a venda do TikTok. Microsoft aparece como interessada

31/07/2020
Coronavírus SUS vai rastrear contatos de infectados com covid-19

28/07/2020
Covid-19 triplicou uso de serviços públicos digitais

22/07/2020
Samsung inicia fabricação de smartwatches em Manaus

Destaques
Destaques

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Covid-19 não é desculpa e Brasil perde dinheiro e status ao atrasar o 5G

O mundo não vai esperar o Brasil resolver seus problemas e o 5G está acontecendo, advertiu o consultor sênior da Omdia, Ari Lopes. Governo terá de decidir se busca investimentos de longo prazo ou de curto prazo. Omdia prevê um impacto de US$ 1,1 trilhão no Brasil de 2021 a 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site