Clicky

Qualcomm defende faixa de 6GHz para não licenciados atenta ao 5G

Por Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 31/07/2020 ... Convergência Digital

O Wi-Fi 6E será o futuro para complementar os serviços licenciados, pensando muito no 5G, afirmou o diretor sênior de Relações Governamentais da Qualcomm, Francisco Soares, ao participar do eForum Wi-Fi 6, realizado nesta quinta-feira, 30/07, pelo Convergência Digital e pela Network Eventos.

O executivo pontuou que a Qualcomm tem uma posição firmada sobre o destino da faixa de 6GHz: ela deve ser destinada integralmente aos serviços não licenciados. "Precisamos da faixa para não licenciados e para ter um complemento ao 5G. Hoje o Wi-Fi 6 é usado para complementar os serviços licenciados nas faixas de 2,4GHz e 5GHz", sustentou Soares.

O executivo lembra que para o Wi-Fi 6, que funciona nas faixas existentes como 2,4GHz e 5GHz, já existem equipamentos disponíveis no mercado. Já o Wi-Fi 6E depende da disponibilidade da faixa de 6GHz, mas a Qualcomm já tem o chip pronto para a tecnologia. "Aqui no Brasil dependemos da Anatel. Esperamos que a faixa seja destinada aos não licenciados", reforçou. Soares lembrou ainda que o mundo já discute o Wi-Fi 7.0, que vai permitir bandas ainda maiores". Assistam a participação de Francisco Soares, da Qualcomm.

Veja abaixo a íntegra do evento.


Internet Móvel 3G 4G
Leilão 5G: Embaixada da China reage forte contra filho do presidente Jair Bolsonaro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou twetts acusando as empresas chinesas de praticar espionagem cibernética e defendeu a iniciativa- comandada por Trump, que perdeu as eleições nos EUA - de criar uma aliança internacional para discriminar a tecnologia 5G, leia-se, Huawei, no mundo.

Portabilidade: Claro é a tele com mais adesões. Oi e TIM cedem assinantes

Oi, na fixa, e TIM, na móvel, foram as operadoras que mais cederam assinantes com a possibilidade de troca de empresa mantendo o mesmo número. Já a Claro foi a operadora que mais ganhou clientes nos 12 anos do serviço.

Nova Oi busca eficiência operacional e personalizar ofertas ao cliente

Network analytics tem diversos níveis de maturidade e vai desde a proximidade maior com a infraestrutura da rede até análises mais especializadas do serviço, afirma o diretor de Estratégia, Tecnologia e Arquitetura de Rede da Oi, Mauro Fukuda.

Artur Coimbra é nomeado como novo Secretário de Telecomunicações

Mudança era esperada com a passagem de Vitor Menezes da Setel para a Secretaria Executiva do Minicom. 

Embratel reorganiza dados para conhecer melhor o cliente

Diretor-executivo de Soluções Digitais da operadora, Mário Rachid, lembra que cruzar dados não é um trabalho simples e exige amadurecimento. Entre os dados cruzados estão os dos sistemas de CRM e billing. "A personalização é a meta, mas temos de ter cuidados até por conta da LGPD", observa.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G