Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Governo marca pregão conjunto para virtualização e projeta gasto de R$ 80 milhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/07/2020 ... Convergência Digital

O governo federal vai realizar uma compra conjunta de software de virtualização de servidores, em pregão que tem estimativa inicial de beirar os R$ 80 milhões, mas que vai depender do apetite dos órgãos públicos. Nesta quinta, 30/7, a secretaria de Gestão do Ministério da Economia abriu o processo de intenção de registro de preços que dá prazo até 11/8 para declaração de interesse e demanda. 

Como explicado na IRP, a contratação centralizada de softwares de virtualização foi motivada pelo total de gastos previstos para 2020 e a quantidade de iniciativas fragmentadas de aquisição nos diferente Planos Anuais de Contratação apresentados pelos órgãos. Em dezembro a projeção era de R$ 77 milhões em compras desses programas. Na atualização de abril último, passou para R$ 96 milhões. 

A modelagem e a pesquisa já realizada sugere que caso fossem realizadas licitações separadamente pelos órgãos, o custo total, com os processos administrativos e os produtos em si, ficaria em R$ 90 milhões. Com a compra centralizada, a projeção é de que esse total fique em R$ 79,9 milhões. A depender do efetivo apetite na IRP. 

Entre as considerações que sustentam a compra, destaca-se “a expansão do modelo de nuvem híbrida, especialmente quando se trata de informações e de cargas de trabalho que não são adequadas para serem migradas para a nuvem pública, seja por razões de segurança, ou de custos. A virtualização de servidores possibilita o rápido provisionamento possibilitando a melhor gestão dos recursos de infraestrutura para diferentes necessidades”.

A escolha da IRP é pelas soluções VMware vSphere 6 Standard 1, VMware vSphere 6 Enterprise Plus, VMware vRealize Operations Standard, VMware vCenter Server 6 Standard, Citrix Hypervisor Standard e Citrix Hypervisor Enterprise. O modelo adotado é o de licenciamento perpétuo com direito a suporte por período determinado – no caso, por três anos. 


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

À espera de correção no imposto sobre componentes, indústria maneja estoques

Segundo Abinee, com a demora na publicação de nova resolução Gecex, fabricantes postergaram embarques para evitar imposto de importação. Ministério da Economia diz que novo texto já foi aprovado. 

PPI: Satélite é ponto sensível em venda da Telebras; governo adia privatização do Serpro e da Dataprev

Novo calendário de privatizações passa as estatais de TI para 2022, junto com a Telebras. Mas antes, plano precisa apontar o que fazer com inclusão digital e segurança nacional. 

Cadastrão de dados do governo afronta a LGPD e precisa ser revisto

“Embora o compartilhamento de dados seja muito útil à máquina pública, não vai funcionar sem anteparos que protejam contra abusos”, aponta o advogado, professor e representante da Câmara ao Conselho Nacional de Proteção de Dados, Danilo Doneda.

Governo vai usar reconhecimento facial para verificar assinaturas digitais

“A solução centralizada para assinatura já esta pronta e é parte do Gov.br. Os órgãos tem até julho para descrever que assinatura vão aceitar em cada serviço e integrar os sistemas à plataforma”, explica o secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G