INOVAÇÃO

Startups geraram emprego e receita na Covid-19, mas receberam não no acesso ao crédito

Convergência Digital ... 20/07/2020 ... Convergência Digital

Uma pesquisa realizada pelo Sebrae mostrou que o nível de inovação dos pequenos negócios fez toda diferença na dimensão do impacto econômico causado pela pandemia do novo coronavírus. Enquanto 87% dos pequenos negócios convencionais registraram queda de faturamento durante a crise, as perdas foram menos significativas entre as empresas essencialmente inovadoras (startups), onde 68% dos negócios verificaram perda de receita.

A mesma pesquisa apontou que 13% dos pequenos negócios inovadores conseguiram aumentar o faturamento apesar da crise. O resultado é bem superior ao percentual encontrado no universo geral das MPE, onde apenas 4% das empresas tiveram elevação da receita. Os dados fazem parte da pesquisa online realizada pelo Sebrae, em parceria com a Finep, entre os dias 28 de maio e 3 de junho, com a participação de 833 startups.

O levantamento mostrou ainda que, apesar dos impactos negativos nos negócios, as empresas inovadoras têm maior capacidade de se reinventar e por isso, 76% delas não demitiram funcionários, enquanto 36% das MPE tradicionais tiveram que demitir. Outro diferencial positivo das startups identificado na pesquisa foi que elas também geraram mais empregos (16% delas contrataram funcionários).

As empresas iniciantes sofrem ainda mais para obter crédito, no entanto. Segundo a pesquisa, elas tiveram mais iniciativa de procurar instituições financeiras em busca de crédito (52%) do que as MPE (39%). Em contrapartida, a proporção de startups que efetivamente conseguem esse crédito é bem menor. Apenas 9% dessas empresas que buscaram empréstimos efetivamente conseguem o recurso. No universo das MPE, o percentual de sucesso é bem superior (16%).

Para aquelas startups que não conseguiram, a falta de garantias e pendências no CPF/CNPJ foram os principais motivos alegados pelos bancos para a negativa.  Ainda de acordo com o levantamento, o valor médio solicitado pelas startups é bem superior ao das MPE, sendo R$ 252 mil no caso das empresas inovadoras, contra R$ 5 mil a R$ 20 mil (MEI) e R$ 20 mil e R$100 mil (entre as ME e EPP). Para as startups que necessitam de crédito, os recursos seriam, principalmente, para capital de giro e desenvolvimento de produto, serviço ou processo novo.


Startup nacional é acelerada para avançar no uso dos robôs de investimento

Solução da Allê Invest foi escolhida pelo Hupp, programa de aceleração da Abrapp - Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar - para ser acelerada. Mercado é estimado em US$ 18 trilhões no mundo, em 2025.

Disputa pelos 'sem banco' acirra guerra entre bancos e fintechs de pagamento

Pesquisa, feita pela Temenos, em 32 países indica que 29% dos executivos de instituições financeiras mostra que um de cada três bancos vê as fintechs como ameaça principal aos seus negócios.

Covid-19: software para laboratórios permite colher dados de 5 mil pacientes por dia

Tecnologia da Fundação CERTI coleta informações em até 1 minuto e resolve o gargalo da demora nos testes em larga escala e adequado à Lei Geral de Proteção de Dados.

Inovação, mesmo antes da Covid-19, sai do centro da prioridade na América Latina

Pesquisa mostra que o compromisso das empresas caiu bastante em 2020, e os dados foram apurados antes do impacto da pandemia nos negócios.

Ministério da Economia seleciona instituição para tocar aceleração de startups

Parceira será responável pela aceleração de negócios, capacitação, mentoria, conexão com o mercado e internacionalização do programa InovAtiva Hub. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G