Home - Convergência Digital

Reino Unido define futuro da Huawei no 5G

Convergência Digital* - 13/07/2020

O destino da Huawei no projeto 5G do Reino Unido será definido nesta terça-feira, 14 de julho, em reunião do Conselho de Segurança Nacional, presidido pelo primeiro-ministro, Boris Johnson. Em decisão tomada em janeiro, as operadoras de telefonia já tinham que limitar o papel da Huawei nas redes 5G em 35% até 2023.

Agora está sendo discutido o corte total da empresa após um período adicional de dois a quatro anos, embora algumas empresas do setor tenham avisado que ir rápido demais pode atrasar a tecnologia e prejudicar seus serviços.

Os rumores são grandes e informam que Johnson - que não se sabe se participará ou não da reunião - estaria disposto a banir a Huawei, decisão que vai irritar a China, mas vai ganhar o apoio do presidente Donald Trump, dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos pressionaram o primeiro-ministro do Reino Unido a reverter sua decisão de janeiro de conceder à Huawei um papel limitado nas redes 5G, enquanto Londres ficava apreensiva com a repressão chinesa em Hong Kong, além da percepção de que a China não divulgou todos os fatos sobre o coronavírus. Decisão deverá ser conhecida no final do dia e será reportada à Câmara dos Comuns pelo secretário de mídia, Oliver Downden.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

29/07/2020
Investimentos em 5G vão dobrar em 2020 e serão maiores que 4G até 2022

29/07/2020
Estados Unidos fazem ameaça velada ao Brasil por 5G

28/07/2020
A10 e CLM lançam laboratório de capacitação em IoT/5G

27/07/2020
Sem testes de campo, Anatel adia consulta sobre faixa de 3,5 GHz no 5G

27/07/2020
Deutsche Telekom já instalou 30 mil antenas 5G

22/07/2020
Holanda fatura R$ 7 bilhões em primeiro leilão 5G

22/07/2020
China rebate como Fake News retaliação à Ericsson e à Nokia

21/07/2020
TIM fecha contrato de RAN para os próximos três anos

21/07/2020
Ericsson e Nokia podem pagar a conta do banimento da Huawei

17/07/2020
4G LTE faz Neoenergia avaliar 5G para missão crítica no Brasil

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site