Londrina quer vender Sercomtel por R$ 130 milhões

Convergência Digital ... 10/07/2020 ... Convergência Digital

A Prefeitura de Londrina divulgou um novo edital para vender a Sercomtel, operadora que atua no município e tem cerca de 430 mil assinantes de telefonia e internet, mas passa por dificuldades financeiras a uma década. A primeira tentativa, em fevereiro, não teve interessados. 

“Como não houve interessados, definimos outro modelo. No primeiro, a disputa era pelo valor da capitalização. Agora, estabelecemos uma capitalização fixa, e também foi parcelado o valor”, explica o secretário municipal de Governo, Juarez Tridapalli,

Sob observação mais atenta da Anatel desde 2013, a Sercomtel tem estimados R$ 200 milhões em prejuízos acumulados e segundo o órgão regulador, precisa de algo como R$ 100 milhões em investimentos. Não por menos, o edital manteve o preço de R$ 130 milhões, sob a justificativa de aporte na reestruturação, aumento de investimentos e expansão da infraestrutura. 

A nova versão, no entanto, prevê o pagamento parcelado. Serão R$ 50 milhões no ato da subscrição das novas ações, enquanto os demais R$ 80 milhões deverão ser integralizados de acordo com a necessidade de caixa da Sercomtel de forma a serem atendidos os indicadores econômico-financeiros exigidos pela Anatel no prazo máximo de 18 meses a partir da subscrição. 

Pela mecânica do leilão, as propostas e lances serão sobre valor unitário das novas ações, com piso de R$ 0,01. A Prefeitura admite que se trata de valor simbólico, uma vez que a avaliação da Sermcomtel resultou em valor negativo, assim como estudos feitos pela Copel, a outra acionista estatal. 

Ainda de acordo com a Prefeitura de Londrina, a Copel já manifestou o interesse de fazer a venda integral das ações que possui, assim como o próprio município. Os interessados devem apresentar proposta e garantias em 10/8, junto à B3. O pregão está previsto para 18/8. 


Internet Móvel 3G 4G
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

Empresas afirmam que vão usar todos os recursos disponíveis para garantir o Estado de Direito. O governo Trump proibiu o uso dos aplicativos chineses. Medida entra em vigor em 45 dias.

Anatel recria 10 colegiados após extinção por Decreto presidencial

Uso do Espectro, Defesa dos Usuários, Prestadoras de Pequeno Porte, Aferição da Qualidade, Ofertas de Atacado, Acompanhamento de Redes são alguns dos grupos reestabelecidos pela agência. 

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G