Clicky

INOVAÇÃO

Empresas de Tecnologia se unem por agenda única da indústria

Luís Osvaldo Grossmann ... 06/07/2020 ... Convergência Digital

Empresas brasileiras que desenvolvem tecnologia estão atrás de setores tradicionais da indústria em busca de uma coalizão que potencialize uma agenda comum, tanto na costura de políticas públicas como na relação entre os diferentes segmentos industriais. 

“A gente precisa mobilizar esforços de vários lados. Desde material de construção que precisa de tecnologia, das máquinas que precisam da indústria 4.0, que precisam de internet das coisas e interoperabilidade de equipamentos. A gente precisa de tecnologia em várias áreas. De forma que os segmentos devem ver os diferentes setores como complementares. É uma proposta de engajamento”, afirma a diretora presidente da P&D Brasil, associação de empresas de desenvolvimento tecnológico nacional, Rosilda Prates. 

Essa agenda comum pode envolver questões de financiamento, compras públicas, instrumentos como a Lei do Bem e mesmo a reforma tributária. Alguns deles são prementes, como no caso da licitação das frequências para dar a partida na implantação do 5G no Brasil, como destaca o presidente do Conselho Deliberativo da P&D, Marcelo Andrade, que é vice presidente da Prysmian para a América Latina. 

“Veja a questão do 5G. Tem a discussão da banda que vai ser usada, se interessa ao grande operador, ao pequeno provedor. Tem a questão tecnológica, de quem vamos comprar a tecnologia, se é que vamos comprar de um só. Tem a questão das cidades, como vamos montar as antenas. Portanto para a sociedade, um assunto como o 5G é uma coisa muito abrangente. E quem é a liderança que puxa isso? Ou vamos ficar cada um discutindo seu próprio umbigo. As associações juntas podem liderar um tema como esse, forçar uma política.”

A experiência recente das tratativas sobre a nova Lei de Informática sinalizam algum grau de sucesso na articulação de interesses comuns. “É importante que o governo veja em associações como a P&D, Abimaq, Abramat, Abinee, Abisemi um suporte para a tomada de decisões”, afirma Rosilda Prates, enquanto acena a uma amplitude de segmentos industriais pela agenda coletiva. 

“Uma questão que é de interesse das empresas e afeta a todos instalados no Brasil é a questão tarifária. Já tivemos várias ameaças de redução a zero das tarifas. Isso é um problema para todos. Porque elimina a condição de empresas nascentes aqui competirem com empresas já estabelecidas lá fora. Nenhum país faz isso. Isso é uma agenda comum que cria pontos de convergência entre as associações. Afeta a indústria de máquinas, afeta a indústria eletroeletrônica”, aponta Antônio Carlos Porto, da gaúcha Datacom, que desenvolve roteadores e switches, e vice presidente da P&D Brasil. 


Cloud Computing
Plataforma de gestão de exames na nuvem investe R$ 1.5 milhão em telerradiologia

MedCloud projeta encerrar 2020 com crescimento de 325% em relação ao ano anterior graças ao aumento na procura por soluções em nuvem para radiologia por conta da Covid-19. Entre os clientes da empresa estão a Prefeitura do Rio de Janeiro e unidades da rede de Hospitais São Camilo.

Petrobras faz primeiro edital para contratar soluções ágeis

Demanda é voltada para Saúde, Segurança Operacional, Otimização e Automação de Processos. Piloto servirá para testar a estratégia de inovação aberta da companhia. Os novos modelos de compras públicas serão debatidos no 5X5 TecSummit, que acontecerá de 07 a 11 de dezembro.

5x5 TecSummit debate o prontuário único do DATASUS

O debate sobre os desafios do órgão responsável pela implementação da Saúde Digital no Brasil acontece com o diretor do Departamento de Informática do ministério da Saúde, Jacson de Barros, no dia 08 de dezembro.

Casa Civil assume o comando das políticas de inovação

Nova política - feita a partir do Decreto 10.534/20 - cria Câmara de Inovação, com 11 ministérios, e MCTI como "escritório de projetos". Promessa é que iniciativa privada será convidada a compor subcomitês específicos. 

FCA e TIM anunciam carro conectado no Brasil para primeiros meses de 2021

Os carros das marcas Fiat, Jeep e Ram virão com eSIM, chip virtual para acesso a Wi-Fi nativo a bordo com 4G. "O carro será um smartphone e um tablet", afirma o CIO da FCA, André Souza Ferreira.

Polícia Federal quer usar drones no combate aos crimes eleitorais.

Expectativa é que mais de 100 drones sejam usados para inibir e flagrar condutas ilegais na eleição deste ano.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G