Home - Convergência Digital

No Brasil, 60% dos atendimentos em call center são home office

Convergência Digital - 06/07/2020

Entre as empresas da Associação Brasileira de Telesserviços (ABT) - que reúne 387 mil colaboradores dos 1,5 milhão de funcionários diretos e indiretos do setor - cerca de 60%, ou 230 mil empregados, passaram a trabalhar em home office. Em apenas 10 dias, as empresas conseguiram realocar para o atendimento não presencial 20 mil trabalhadores, também como reação à pandemia de Covid-19.

As empresas tiveram que enfrentar o desafio da falta de estrutura tecnológica na residência dos colaboradores e de garantir a confidencialidade de dados dos clientes no atendimento home office. Muitos trabalhadores do setor vivem na periferia das cidades, em locais onde, muitas vezes, não existe internet. São operações em todas as regiões e estados do Brasil, não só nas capitais como em cidades do interior. Em muitos casos, as empresas levaram a banda larga às residências de seus funcionários para viabilizar o atendimento e preservar vidas e empregos.

John Anthony von Christian, presidente da ABT, explica que a mudança agradou funcionários e contratantes e veio para ficar. "Tivemos que nos adaptar rapidamente ao home office e concluímos essa missão com êxito. É positivo para as empresas, que diminuem custos de estrutura e transportes, por exemplo, e para os colaboradores que ganham em tempo, antes utilizado para deslocamentos, e qualidade de vida. Apostamos que veio para ficar no setor, mesmo com o fim da pandemia." 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/06/2021
Vikstar/Telefónica: Funcionários denunciam quebra de acordo de demissão

27/05/2021
Reclamações contra telemarketing crescem 76% até abril

24/05/2021
Cadastro ‘Não Me Perturbe’ tem 8 milhões de números e será atualizado

14/05/2021
STF valida lei que proíbe telemarketing para empréstimos a aposentados

14/05/2021
Teletrabalho aumenta produtividade, mas reduz bem-estar

05/05/2021
MP do Governo muda as regras para teletrabalho

04/05/2021
Um terço dos trabalhadores de call centers sofre distúrbios psíquicos

03/05/2021
Vickstar/Vivo não cumpre acordo e 2400 trabalhadores entram em greve em Teresina

27/04/2021
Teletrabalho fica longe de ser a melhor opção das PMEs

27/04/2021
Vivo abre 100 vagas no call center para pessoas com deficiência

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Redes Neurais darão bons programadores?

Por Francisco Camargo*

A pergunta que fica não é se a inteligência artificial vai substituir os programadores, mas quando isso acontecerá.Esse desenvolvimento terá profundo impacto na educação das crianças e no futuro dos seus empregos.

Destaques
Destaques

Contratações em TIC cresceram 300% no 1ºtri e ainda assim foram insuficientes

Entre janeiro e março foram abertas 52.743 novas vagas, frente as 59.193 criadas ao longo do ano passado, segundo a Brasscom.

TRT-2 valida demissão feita pelo WhatsApp

A 18ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou a demissão de uma educadora de ensino infantil justificando que a OTT se 'tornou um grande aliado, especialmente em 2020, como ferramenta de comunicação como qualquer outra'.

DPOs e analistas de compliance LGPD estão em alta no mercado de trabalho

Dezoito profissões do futuro do trabalho começam a ganhar corpo no Brasil, conforme a consultoria Robert Half.BI e CRM estão também em alta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site