Home - Convergência Digital

Brasil chega a 100 mil antenas de celular, mas precisa duplicar novas instalações

Convergência Digital - 02/07/2020

Com 5.612 novas antenas de celular instaladas nos últimos 12 meses, o Brasil superou a marca de 100 mil estações radio-base instaladas no país. Como se trata de quantidade semelhante a países bem menores territorialmente, o próprio mercado lamenta a dificuldade de expandir a rede de telefonia móvel.

“O número de antenas, apesar do avanço expressivo, ainda está muito aquém da necessidade de cobertura no país para promover uma maior inclusão digital”, afirma o presidente do Sinditelebrasil, Marcos Ferrari. “Instalar antenas no Brasil, mesmo tendo investimentos disponíveis para tal, não é tarefa fácil. Há no País mais de 300 leis municipais que dificultam e muitas vezes impedem a instalação dessa infraestrutura.”

A demanda avança em ritmo muitas vezes superior à liberação de novas instalações nas cidades. Segundo as operadoras, a cada minuto 33 novos chips de 4G são ativados no país. 

“Em grandes metrópoles brasileiras, existem mais de 4 mil pedidos de instalação de antenas apresentados pelas operadoras e aguardando licenciamento pelas prefeituras. Esses pedidos representam cerca de R$ 2 bilhões em investimentos. 

Caso os mais de 4 mil pedidos tivessem sido aprovados pelas prefeituras de grandes cidades, o ritmo de expansão seria praticamente o dobro. Mas uma série de legislações municipais antigas tem dificultado a expansão das redes”, insiste o Sinditelebrasil. 

Das antenas instaladas nos últimos 12 meses, o maior avanço se deu na tecnologia 4G, com a instalação das redes em 477 novos municípios, no período de 12 meses. As redes de 4G estão operando em 4.950 municípios, onde moram 97,3% da população brasileira. Foram ativados 17,3 milhões novos chips 4G em 12 meses, o que representa um crescimento de 12% no período entre maio de 2019 a abril de 2020. Ao todo, 157,2 milhões de chips 4G estão em operação.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/07/2020
Brasil chega a 100 mil antenas de celular, mas precisa duplicar novas instalações

18/09/2019
Luiz Alexandre Garcia assume a presidência da ConTIC

25/02/2019
Indústria e trabalhadores em telecom pressionam por mais antenas em São Paulo

22/05/2018
São Paulo prevê 5 mil novas ERBs em um ano com nova lei de antenas

30/01/2018
Painel Telebrasil acontece em maio e debate a transformação digital

05/12/2017
Confederação de teles e TI quer R$ 1 bilhão para Sistema S das TICs

05/12/2017
Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

05/12/2017
Celulares piratas: Teles dizem que bloqueio estimula mercado de segunda mão

22/09/2017
Governo: Internet das Coisas não acontecerá sem Telecomunicações no Brasil

22/09/2017
Lei trabalhista: terceirização da mão de obra segue como prática ilícita

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A democratização do 5G e os desafios para as PPPs

Por Lincoln Oliveira*

Para evitar um provável cenário em que apenas as grandes empresas possam trabalhar com a nova tecnologia, será fundamental contar com os serviços das prestadoras de pequeno porte a fim de expandir o acesso à internet de alta qualidade a todas as regiões do país.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site